Os conhecimentos prévios como mediadores das estratégias de leitura e escritura empregadas por estudantes universitários

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2018v36n3p1094

Resumo

O principal objetivo desta pesquisa, com base no estudo de casos, era identificar e descrever as estratégias de interpretação e produção de textos que estudantes universitários ativaram para realizar uma tarefa que requeria a elaboração de um relatório acadêmico. Nosso intuito era pesquisar as diferenças das estratégias empregadas pelos estudantes com maior e menor nível de conhecimentos prévios sobre o tema e sobre o comportamento estratégico e revelar de quais formas essa diferença afeta o processo de produção do texto. Além disso, estimar o nível de adequação das estratégias de leitura e escritura empregadas pelos dois grupos e avaliar o grau de consistência das respostas referidas às estratégias que dizem empregar e as efetivamente ativadas. As participantes do estudo eram estudantes que assistiam a um curso da carreira de Pedagogia da Universidade Nacional de Río Cuarto (Argentina). Os dados empíricos foram recolhidos a través de: a) entrevistas e questionários ministrados aos estudantes sobre as estratégias que empregaram, b) evidencias sobre o uso dessas estratégias nos materiais de estudo (sublinhados, diagramas, toma de notas, anotações nos textos) c) textos intermediários (esquemas, planos para o texto, rascunhos). Atribuíram-se dois, um e zero pontos para diferenciar entre as estratégias adequadas, inadequadas e insuficientes respectivamente. Os dados recolhidos permitiram dar conta do efeito mediador dos conhecimentos prévios: estudantes com maior nível desses conhecimentos não só manifestaram uma tendência a empregar estratégias mais adequadas, mas também uma propensão levemente superior ao acréscimo do grau de adequação.

Biografia do Autor

Alicia Vázquez, Universidad Nacional de Río Cuarto

Facultad de Ciencias HumanasDepartamento de Ciencias de la Educación 

Publicado

2018-10-23

Como Citar

Vázquez, A. (2018). Os conhecimentos prévios como mediadores das estratégias de leitura e escritura empregadas por estudantes universitários. erspectiva, 36(3), 1094–1117. https://doi.org/10.5007/2175-795X.2018v36n3p1094

Edição

Seção

Artigos