Mapeamento dos trabalhos publicados no GT 12 do SIPEM

Nathalia Tornisiello Scarlassari, Celi Espasandin Lopes

Resumo


Este artigo se refere a um mapeamento dos trabalhos publicados nos anais do Grupo de Trabalho sobre Ensino de Probabilidade e Estatística (GT 12) do Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (SIPEM) com o foco na Educação Estatística em um período de 15 anos, desde a primeira edição do evento. Procura-se mostrar como o evento foi evoluindo e se constituindo como um importante espaço de discussão entre os pesquisadores na área da Educação Matemática em todo o mundo. A análise dos trabalhos publicados teve como base metodológica os elementos discutidos por Fiorentini em seus estudos. Os resultados mostram que o GT12 foi se constituindo e se fortalecendo no decorrer dos anos, contando com uma maior participação de pesquisadores e publicações na área, porém, nas últimas edições do SIPEM esse número diminuiu significativamente.


Palavras-chave


Educação Estatística; Mapeamento; SIPEM; GT 12

Texto completo:

PDF/A

Referências


Brasil. Ministério da Educação. (2017). Base Nacional Comum Curricular – BNCC. 3ª versão. Brasília-DF. Recuperado em 01 de março de 2019, de (http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79601-anexo-texto-bncc-reexportado-pdf-2&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192).

Conti, K. C., & Carvalho, D. L. (2009). Movimento de letramento presente nas aulas de estatística na educação de jovens e adultos. In Anais do IV Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 476-477). Brasília: IV SIPEM. Recuperado em 01 de março de 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/sipemIV.pdf.

Fiorentini, D. (2002). Mapeamento e balanço dos trabalhos do GT-19 (Educação Matemática) no período de 1998 a 2001. In Anais da 25 Reunião Anual da ANPEd (pp. 1-17). Caxambu: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação. Recuperado em 05 de dezembro de 2017, de http://www.ufrrj.br/emanped/paginas/conteudo_producoes/docs_25/mapeamento.pdf.

Lopes, C. E. (2008a). O ensino da estatística e da probabilidade na educação básica e a formação dos professores. Cad. Cedes, 28(74), 57-73. Recuperado em 15 de março de 2019, de http://www.cedes.unicamp.br.

Lopes, C. E. (2008b). Reflexões teórico-metodológicas para a educação estatística. In C. E. Lopes, & E. Curi, Pesquisas em Educação Matemática: um encontro entre a teoria e a prática (pp. 67-86). São Carlos: Pedro & João Editores.

Lopes, C. E. (2009). A implementação curricular da estatística e da probabilidade na educação básica. In Anais do IV Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 456-457). Brasília: IV SIPEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/sipemIV.pdf.

Lopes, C. E. & Moura, A. R. L. (2000). Probabilidade e estatística na educação infantil: um estudo sobre a formação e a prática do professor. In Anais do I Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 314). Serra Negra: I SIPEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/sipemI.pdf.

Mendonça, L. O., & Lopes, C. E. (2009). A educação estatística no ensino médio por meio da modelagem matemática. In Anais do IV Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 472-473). Brasília: IV SIPEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/sipemIV.pdf.

Muniz, C. A., & Gonçalves, H. J. L. (2006). A educação estatística no ensino fundamental: discussões sobre práxis de professoras que ensinam matemática no interior de Goiás. In Anais do III Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 177-178). Curitiba: III SIPEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/sipemIII.pdf.

Santos, R. M. (2014). A evolução histórica da educação estatística e da sua pesquisa no Brasil. In Anais do II Encontro Nacional de Pesquisa em História da Educação Matemática (pp. 1-11). Bauru: 2.º ENAPHEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www2.fc.unesp.br/enaphem/sistema/trabalhos/1.pdf.

Sociedade Brasileira de educação matemática – SBEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/sbembrasil/ .

Vita, A. C., Kataoka, V. Y., & Cazorla, I. (2012). A construção de pictogramas por alunos cegos. In Anais do V Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática (pp. 1-19). Petrópolis: V SIPEM. Recuperado em 01 de março 2019, de http://www.sbembrasil.org.br/files/v_sipem/?page=publications&subpage=gts&language=br.




DOI: https://doi.org/10.5007/1981-1322.2019.e62131

Indexadores, diretórios e base de dados:

                                                                     

 

REVEMAT: R. Eletr. Educ. Mat., UFSC/MTM/PPGECT, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1981-1322.
 
 

 Licença Creative Commons
Está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.