Exploring Translations Theories

Autores

  • Anthony Pym Universitat Rovira i Virgili
  • Tradução de: Eduardo César Godarth Universidade Federal de Santa Catarina
  • Yéo N'gana Universidade Federal de Santa Catarina
  • Bernardo Sant'Anna Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n3p214

Palavras-chave:

Tradução, Descritivismo, Deslocamentos tradutórios

Resumo

O presente é uma tradução do capítulo Descriptions - the intellectual background, que complementa o capítulo 5 do livro Exploring Translations Studies (2010), de Anthony Pym. O capítulo traça a ligação entre o Formalismo Russo e algumas vertentes dos Estudos da Tradução surgidas ao longo do século XIX. Passa pelos esforços realizados em Praga (Círculo de Praga), Bratislava e Leipzig e pelos realizados em Holland e Flandres, mas foca-se principalmente na Escola de Tel Aviv, onde atuam Itamar Even-Zohar e Gideon Toury, os principais proponentes dos Estudos Descritivos da Tradução (EDT). Ao analisar esse contexto acadêmico, descreve o tipo de análise proposto por esses teóricos e discute as vantagens e desvantagens desse paradigma, problematizando os conceitos de “deslocamentos tradutórios”, “traduções assumidas” e “normas”. A tradução aqui apresentada pretende trazer o texto de Pym com a clareza e fluidez que caracterizam o original, para que ele sirva tanto como referencial histórico, quanto texto introdutório aos Estudos da Tradução.

Biografia do Autor

Anthony Pym, Universitat Rovira i Virgili

Anthony Pym is Distinguished Professor of Translation and Intercultural Studies and coordinator of the Intercultural Studies Group at the Rovira i Virgili University in Tarragona, Spain. He is also President of the European Society for Translation Studies and Professor Extraordinary at Stellenbosch University.

Tradução de: Eduardo César Godarth, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal do Paraná (UFPR); bacharel em Letras pela UFPR; é atualmente doutorando do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e bolsista da CAPES.

Yéo N'gana, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Estudos de Tradução, possui Graduação em Letras (Português) pela Universidade Félix Houphouët Boigny (UFHB - 2010) e Mestrado em Letras (Sociolinguística) pela Universidade Félix Houphouët Boigny (UFHB - 2014). Membro do Núcleo de pesquisa em História 
 da Tradução (CNPq/UFSC). Revisor na Revista Cadernos de Tradução do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (UFSC). Especialização em Desenvolvimento Sustentável e Gestão Ambiental pelo Centre de Recherches et dAction pour la Paix (CERAP). Tem experiência em ensino de inglês (Centro Cultural americano - American Corner CIRES). Também tem experiência em tradução/interpretação de conferências nas línguas francesa, inglesa e portuguesa.

Bernardo Sant'Anna, Universidade Federal de Santa Catarina

Ator, locutor, apresentador e cantor. Publicitário e pós-graduado em Planejamento e Gestão Cultural. Faz locuções publicitárias desde 1991. Com premiações no mercado publicitário e em peças teatrais - Na Pontinha do Sonho; A Bolsa Amarela; interpretando vozes de vários timbres e estilos, o profissional multimeios está em diversas campanhas na TV, rádio e internet. Como locutor, apresenta locução padrão; jovem; institucional; personagens; tipos e dublagens.

Downloads

Publicado

2016-09-06

Edição

Seção

Artigos traduzidos