Maria de Lurdes Nogueira Escaleira. Ensino da Tradução em Macau: dos curricula propostos à realidade de mercado. Macau: delta Edições, 2013. 401 p.

Autores

  • Leticia Goellner Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, Santa Catarina
  • Patrícia Rodrigues Costa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Yéo N'gana Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2016v36n3p336

Palavras-chave:

Resenha, Ensino da tradução, Realidade de mercado

Resumo

Maria de Lurdes Nogueira Escaleira, professora do Instituto Politécnico de Macau desde 1994, trata de questões relacionadas à formação tradutores-intérpretesdo par de línguas português-chinês na obra Ensino da Tradução em Macau: dos curricula propostos à realidade de mercado. Aborda, nesta obra, as exigências do mercado local, além de analisar as competências adquiridas durante a formação desses profissionais, do ponto de vista dos próprios tradutores, com reflexões sobre o ensino-aprendizagem das línguas de trabalho e de sua formação como tradutor.

Biografia do Autor

Leticia Goellner, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, Santa Catarina

Aluna de doutorado com bolsa de estudos CAPES, na Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET)- Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Graduada em Letras - Língua Espanhola e Literaturas na mesma universidade, durante a graduação foi bolsista de Iniciação Científica do CNPq. Foi contemplada com bolsa de estudos do programa Euro Brazilian Windows II, tendo cursado 2 semestres acadêmicos (2010-2011), na Universidad de Deusto, em Bilbao, Espanha. Foi membro da Comissão Executiva da ABRAPT -Associação Brasileira de Pesquisadores em Tradução- 2011-2013, atuando na organização do XI CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRAPT & V CONGRESSO INTERNACIONAL DE TRADUTORES, ocorrido na UFSC em setembro de 2013. Colabora no periódico Cadernos de Tradução (Qualis A1), como revisora geral do periódico e é responsável pela publicação eletrônica desde setembro de 2012. Também atuou na revista da ANPOLL (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística- Qualis A1), em 2014, como revisora. Fez parte do Conselho Editorial da Revista Anuário de Literatura (2014-2015), periódico editado pelo Programa de Pós-graduação em Literatura da UFSC. Tem experiência na área de editoração de periódicos acadêmicos e na área de Letras e com ênfase em Tradução em Literaturas Estrangeiras, atuando nos seguintes temas: literatura espanhola, literatura hispano-americana e tradução literária.

Patrícia Rodrigues Costa, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi bolsista do Programa Futuros Líderes das Américas (Programme des futurs leaders dans les Amériques - PFLA) com estadia de pesquisa na Université de Montréal (UdeM), Montréal - Canadá, com orientação do Professor doutor Álvaro Echeverri (21/08/2014 - 25/02/2015). Mestre em Estudos da Tradução (2013) pela Universidade de Brasília (UnB) com a dissertação intitulada: "Do ensino de tradução literária". Bacharel em Letras /Tradução - Inglês (2008) com projeto final de curso intitulado"Atitudes, Desejos e Necessidades em Diabetes ? DAWN". Editora da revista acadêmica eletrônica semestral "Belas Infiéis", do curso de Pós-Graduação em Estudos da Tradução - POSTRAD, do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET), da Universidade de Brasília (UnB). Engenheira agrônoma pela Universidade de Brasília (2014) com monografia intitulada "Desempenho agronômico de genótipos de trigo sarraceno a dois regimes de iluminação em ambiente protegido". Realizou estágio supervisionado (180h) no Laboratório de Ecotoxicologia do Departamento de Entomologia e Programa de Pós-graduação em Entomologia da Universidade Federal de Viçosa (MG) envolvida principalmente em estudos de comportamento reprodutivo com o percevejo-da-soja (Euchistus heros) sob supervisão do Prof. Dr. Raul Narciso Guedes. Tradutora inglês/português e do francês para o português. Foi tradutora do francês para o português do Programa Saint Hilaire (CAPES/França - 2014/2015),com capítulos de livro publicados pela OPEN EDITION BOOKS (Marseille, França). Estagiou no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão no Projeto EuroBrasil 2000 - Apoio à Modernização do Aparelho do Estado, onde traduziu e verteu textos para o francês, inglês e Português e, revisou textos em português traduzidos do inglês, francês e espanhol, participando também da organização de congressos, estudos, oficinas, missões e seminários tendo como público-alvo servidores de nível superior com vínculo permanente com a Administração Pública. Foi integrante (estudante bolsista) do Grupo de Pesquisa CNPq (Diretórios de Pesquisa) "Estudos de Tradução". Participou de atividade de extensão, estágio voluntário, como tradutora e revisora de textos relacionados à diabetes no Projeto Doce Desafio - FEF/UnB. ORCID: http://orcid.org/0000-0002-3254-8914

Yéo N'gana, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorando em Estudos de Tradução, Processo de Retextualização, pela Universidade Federal de Santa Catarina (PGET/UFSC) e bolsista CAPES. Possui Graduação em Letras (Portugues) pela Universidade Félix Houphouët Boigny (UFHB - 2010) e Mestrado em Letras (Sociolinguistica) pela Universidade Félix Houphouët Boigny (UFHB - 2014). Membro do Nucleo de Pesquisa Historia da Tradução (CNPq/UFSC). Revisor na Revista Cadernos de Tradução do Programa de Pos-graduação em Estudos da Tradução (UFSC). Especialização em Desenvolvimento Sustentavel e Gestão Ambiental pelo Centre de Recherches et dAction pour la Paix (CERAP). Tem experiência em ensino de inglês (Centro Cultural americano - American Corner CIRES). Também tem experiência em tradução/interpretação de conferências nas linguas francês, inglês e português.

Downloads

Publicado

2016-09-06