Um modelo estilizado da produção de serviços: aplicação empírica a uma amostra de bibliotecas no Rio de Janeiro 2000 – 2007

Autores

  • Frederico A. de Carvalho UFRJ
  • Marcelino José Jorge FIOCRUZ
  • Marina Filgueiras Jorge INPI-MDIC
  • Mariza Russo UFRJ
  • Nysia Oliveira de Sá UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2013v18n37p103

Palavras-chave:

Operações em Serviços, Serviços em Bibliotecas, Bibliotecas Universitárias – Brasil, Correlação Canônica

Resumo

Embora reduzidas em número, as aplicações de modelos originados na área de Operações ao caso de bibliotecas estão registradas na literatura. Este trabalho adota uma visão estilizada em que a produção de serviços é representada como simples transformação de insumos em produtos, sem atentar para a especificidade dos processos produtivos envolvidos. O principal objetivo do trabalho é examinar empiricamente como essa transformação ocorre, focalizando como se comportam os elos entre insumos e produtos ao longo do período de análise. O exame empírico se apóia em dados coletados junto a uma amostra representando mais de 80% do universo das bibliotecas de uma IFES no Rio de Janeiro entre 2000 e 2007. Com auxílio da técnica multivariada da Correlação Canônica foi possível identificar associações significativas entre grupos de insumos e de produtos. Os resultados mostram que esses grupos se interligam a um nível de significância inferior a 5% e que a medida chamada de redundância cruzada quase sempre excedeu 50%, podendo ser considerada uma boa indicação de poder explicativo, uma vez que os dados se referem a cross sections anuais. Dentre os elos insumo-produto identificados como significativos, o efeito quantitativamente dominante reflete a combinação dos três insumos – a saber, pessoal, acervo e espaço – enquanto que a área ocupada aparece de novo, isoladamente, como segunda dimensão significativa.

Biografia do Autor

Frederico A. de Carvalho, UFRJ

 

Economista (UFRJ) e Estatístico (ENCE-IBGE). Docteur en Sciences Economiques (Université Catholique de Louvain). Professor Associado (FACC-UFRJ).

Marcelino José Jorge, FIOCRUZ

Economista (UFRJ). M.Sc. em Economia (UnB). D.Sc. em Engenharia de Produção (COPPE-UFRJ). Pesquisador do LAPECOS-IPEC-FIOCRUZ.

Marina Filgueiras Jorge, INPI-MDIC

Economista (UFRJ). M.Sc. em Economia (UERJ). Pesquisador associado do INPI.

Mariza Russo, UFRJ

Graduada em Biblioteconomia (FEFIERJ). M.Sc. (IBICT). Doutora em Engenharia de Produção (COPPE-UFRJ). Professor Assistente (FACC-UFRJ).

Nysia Oliveira de Sá, UFRJ

Graduada em Biblioteconomia (UNIRIO). Mestre em Memória Social (UNIRIO). Doutoranda em Políticas Públicas e Formação Humana (UERJ). Professor Assistente (FACC-UFRJ).

Downloads

Publicado

2013-08-13

Edição

Seção

Artigo