A REGULAMENTAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA: um diálogo com Herbert Marcuse

Nicole Roessle Guiata, Marcelo Moraes e Silva

Resumo


O presente ensaio busca efetuar uma análise crítica do processo de Regulamentação do Profissional de Educação Física, utilizando para isso os pensamentos do filósofo alemão Herbert Marcuse. Concluímos através do diálogo com os escritos marcuseanos que o sistema CONFEF/CREF é uma forma de adaptação a toda a racionalidade irracional presente na sociedade capitalista, e que existe ainda espaço para uma utopia baseada nos princípios de uma sociedade verdadeiramente livre e emancipada.


Palavras-chave


Educação Física; Regulamentação da Profissão; Hebert Marcuse

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2008n30p217



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA