Saúde do trabalhador e qualidade de vida: experiência em um batalhão de polícia comunitário do sertão cearense

Deoclécio Coelho Rodrigues, Braulio Nogueira de Oliveira, André Luis Façanha da Silva

Resumo


O presente ensaio foi construído a partir de experiências práticas em uma Companhia do Batalhão da Polícia Militar do Ceará e objetiva discutir a relação existente entre a rotina do trabalho da Polícia Militar do Ceará em detrimento de sua qualidade de vida. Para isto, foi necessário: Identificar a repercussão da rotina de trabalho com a prática de exercícios físicos; apreender possíveis fatores de estresse presentes na prática profissional dos policiais militares; compreender a repercussão do trabalho no cotidiano dos policiais militares.

 


Palavras-chave


Educação Física; Saúde do Trabalhador; Qualidade de Vida; Polícia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2015v27n44p142



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA