A produção científica no CBCE/CONBRACE: a formação continuada de 2007 a 2013 em foco

Autores

  • Deiva Mara Delfini Batista Universidade Estadual de Maringá
  • Deisy de Oliveira Silva Universidade Estadual de Maringá
  • Amauri Aparecido Bássoli de Oliveira Universidade Estadual de Maringá
  • Ieda Parra Barbosa Rinaldi Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2015v27n46p69

Palavras-chave:

Formação Continuada, Educação Física, Conhecimento, Trabalho

Resumo

O presente trabalho, de cunho qualitativo e caráter documental, buscou analisar a produção científica sobre formação continuada de professores entre os anos de 2007 e 2013, a partir do GTT “Formação de Professores e Mundo do Trabalho” do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte. Identificou-se 49 trabalhos sobre a temática, os quais foram categorizados em diferentes grupos, a partir de suas abordagens e características. Os resultados obtidos retratam a existência de produção científica sistemática sobre a formação continuada, e que esta se encontra articulada com a realidade da pós-graduação brasileira. Contudo, algumas categorias não demonstraram grande representatividade, apontando desafios a serem enfrentados, carecendo de maior investigação sobre a temática.

Biografia do Autor

Deiva Mara Delfini Batista, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (1981), especialização em Ginástica Olímpica pela FEFI - LONDRINA (1981) e Educação Física Infantil pela UEM (1985), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (2004). Atualmente é professora assistente da Universidade Estadual de Maringá/Pr. Tem experiência na área de Educação Física Escolar, Formação de Professores, Dança e Expressão Corporal. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física-UEM/UEL. Participa de grupos de estudos vinculados ao CNPq (GEPPEFE e EDUFESC).

Deisy de Oliveira Silva, Universidade Estadual de Maringá

Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2012). Atualmente é mestranda no Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM-UEL na linha de pesquisa "Trabalho e formação em educação física". Participante do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq e integrante do Grupo de Ginástica Geral do DEF/UEM. Desenvolveu dois projetos de iniciação científica,ambos como bolsista do programa PIBIC/CNPq-FA-UEM. Suas pesquisas voltam-se para os estudos sobre a educação física nas dimensões educacional e formação profissional, com ênfase nas manifestações corporais (jogos e brincadeiras, danças e ginásticas) com base nas ciências humanas e sociais.

Amauri Aparecido Bássoli de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá

Graduado em Educação Física pela Universidade do Norte do Paraná (1979), mestrado em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM - 1988) e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP - 1999). Atualmente é professor Associado nível C da Universidade Estadual de Maringá. Integrante do Programa de Pós-Graduação Associado UEM - UEL em Educação Física, com orientações em nível de mestrado e doutorado. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Métodos e Técnicas de Ensino e Metodologia da Pesquisa, atuando principalmente nos seguintes temas: formação profissional, currículo, atividade física e saúde, educação física escolar, atividade física e obesidade. Consultor Ad hoc do MEC / SESu / INEP para comissões de avaliação institucional e de autorização e reconhecimento de cursos em educação física. Atuação como Consultor do Ministério do Esporte na Secretaria Nacional de Esporte Lazer e Inclusão Social (SNELIS) como Coordenador Pedagógico no Programa Segundo Tempo.

Ieda Parra Barbosa Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá

Possui doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005), mestrado em Educação Física pela UNICAMP (1999), especialização em Educação Física Infantil pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (1990) e graduação em Educação Física pela UEM (1988). Atualmente é professora Associado-tide B do Departamento de Educação Física da UEM, líder do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq. Suas pesquisas voltam-se para os estudos socioculturais e pedagógicos em Educação Física por meio da investigação de fenômenos da cultura de movimento a partir do viés das ciências humanas e sociais, tendo como enfoques: as manifestações corporais (jogos, brincadeiras, danças e ginásticas) e a educação física (dimensão educacional e formação profissional). É avaliadora do INEP - SESU - MEC para comissões de autorização e reconhecimento de cursos em educação física. É revisora da Revista Movimento, Revista Brasileira de Ciências do Esporte, da Revista Pensar a Prática e da Revista da Educação Física/UEM.

Downloads

Publicado

2015-11-24

Edição

Seção

Artigos Originais