A Educação Física no contexto da educação do campo: a realidade do conteúdo jogo na escola

Nair Casagrande, Fernanda Lima Ramos

Resumo


O presente trabalho é resultado do Projeto de Pesquisa “A Educação Física no Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST): experiências pedagógicas a partir da Cultura Corporal”. O estudo foi realizado em áreas de reforma agrária do MST na região do Recôncavo da Bahia. O objetivo geral foi analisar a realidade da prática pedagógica do jogo, enquanto conteúdo de ensino da Educação Física, na Escola do Assentamento Nova Panema, no período de 2009/2011. A metodologia da pesquisa utilizou os instrumentos da observação participante, registros fotográficos e de campo, análise de documentos e entrevista semiestruturada. Os resultados evidenciam que, apesar da Educação Física não constar como componente curricular no projeto político-pedagógico da escola, o conteúdo “jogo” estava presente na prática pedagógica da professora da turma multisseriada.  Contudo, este vinha sendo utilizado na escola predominantemente como um instrumento de ensino ou como atividade recreativa.


Palavras-chave


Educação do campo; Educação Física; MST; Jogo

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2017v29n51p64



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA