FORMAÇÃO DE EDUCADORES: AS CONTRIBUIÇÕES DE UM MÉTODO PEDAGÓGICO EM DESENVOLVIMENTO NO INSTITUTO TÉCNICO DE CAPACITAÇÃO E PESQUISA DA REFORMA AGRÁRIA (ITERRA)

Autores

  • Nair Casagrande

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

formação, conhecimento, educação física, prática profissional

Resumo

Este artigo apresenta o tema da formação permanente dos professores de educação física e aborda o conteúdo dessa formação, o conhecimento crítico-criativo. Discute a organização dos professores e o papel da formação a partir da prática profissional e dos saberes sistematizados, sugerindo novos caminhos para a área profissional e acadêmica. O professor, como sujeito que estuda, pesquisa e intervém na realidade é concebido como um agente de transformação social desde a formação inicial, até as experiências da profissão. O processo de formaçãopermanente é compreendido nos marcos da flexibilidade, tolerância, autonomia e responsabilidade coletiva, questões complexas e, ao mesmo tempo, coerentes com as novas determinações do mundo produtivo que apresenta novas determinações para a atividade docente, que passa a ser uma questão não apenas das instituições formadoras mas também uma necessidade dos próprios professores.

Biografia do Autor

Nair Casagrande

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997) , especialização em Administração Escolar e Gerenciamento Educacional pela Universidade Federal de Pernambuco (2000) , mestrado em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco (2001) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007) . Atualmente é Professora Assistente da Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de Educação , com ênfase em Ensino-Aprendizagem. Atuando principalmente nos seguintes temas: MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM TERRA, CULTURA CORPORAL, Processo de trabalho pedagógico.

Downloads

Publicado

2006-01-01