Estratégias de regulação da vida escolar contemporânea: uma análise do 8º Prêmio Professores do Brasil

Clarice Salete Traversini, Eli Terezinha Henn Fabris

Resumo


Este texto objetiva analisar algumas estratégias de regulação da vida escolar contemporânea em curso no estágio da governamentalidade neoliberal no Brasil por meio de autores como Foucault (2008), Veiga-Neto e Saraiva (2011) e Young (2011) e pesquisadores da formação de professores e docência contemporânea como Nóvoa (2009, 2012) e Silva (2014). A publicação 8º Prêmio Professores do Brasil, edição 2014, com 39 professores premiados, e a síntese dos projetos vencedores foram selecionadas para análise. Questiona-se: quais estratégias de regulação da vida escolar contemporânea estão presentes no conjunto de projetos deste 8º certame da premiação? Identificaram-se duas estratégias de regulação da vida escolar contemporânea: uma denominada de pedagogia das proteções, conforme Silva (2014), na qual os conhecimentos relacionados com questões sociais adquirem centralidade; a outra diz respeito à ênfase na educação integral, cuja operacionalização ocorre por meio da ampliação da jornada escolar, uma condição para que o aluno seja levado a intervir no social precocemente. As autoras propõem, com base em Nóvoa (2013), o recentramento das funções da escola, considerando a apropriação do conhecimento escolar como central à escola. É necessária uma articulação intersetorial para que projeto político-pedagógico e ações cotidianas das escolas sejam planejados junto às demais agências sociais que assessoram a comunidade. Com isso, os setores parceiros assumem as funções de proteção, e a escola e a docência têm condições de centrar-se na sua especificidade, que é ensinar e educar no sentido pleno de formação.


Palavras-chave


Governamentalidade neoliberal; Conhecimento escolar; Educação integral

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2016v34n3p792



Direitos autorais 2017 Clarice Salete Traversini, Eli Terezinha Henn Fabris

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.