Imaginário, mídias e formação: o que pode o professor no espaço universitário?

Valeska Maria Fortes de Oliveira, Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos

Resumo


O texto que ora apresentamos faz uma reflexão sobre as mídias referenciada no campo do imaginário social, na qual discutimos nossas invenções midiáticas e as relações que criamos com elas. A empiria que expomos nesta discussão trata dos professores universitários, suas relações e as imagens, que são produzidas com base nas significações construídas frente ao estudante e à aula universitária, a fim de compreender as suas práticas pedagógicas a partir do imaginário social. Os docentes universitários que fizeram parte da investigação, e que aqui são centro do debate, participaram do Curso de Formação e Desenvolvimento Pessoal e Profissional Docente, desenvolvido pela Unidade de Apoio Pedagógico (UAP) do Centro de Ciências Rurais (CCR) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Evidencia-se que a abordagem metodológica escolhida para a construção da investigação baseou-se no enfoque biográfico, que oportunizou aos professores pensar, refletir e tomar consciência dos saberes e fazeres que estão construindo na docência, (re)significando suas práticas. Compartilhar e produzir conhecimento em um espaço/tempo referenciado no campo do imaginário social é um convite e um exercício constante de pensar o que instituímos como nosso, como sociedade que somos. Dessa forma, acreditamos que, nessa relação, a leitura do instituído prevê também um instituinte, inventando outras formas de ensino e de aprendizagem no espaço universitário, bem como outras formas de ser professor e viver numa sociedade da cultura de mídias.


Palavras-chave


Imaginário; Mídias; Formação; Professor universitário

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2019.e52561



Direitos autorais 2019 Valeska Fortes de Oliveira, Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.