A experiência da educação infantil do campo no contexto da Paraíba: a universidade pública como espaço de articulação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2019.e55282

Palavras-chave:

Educação Infantil, Campo, Ensino

Resumo

O artigo reflete sobre as possibilidades que a universidade pública brasileira dispõe para realizar ações voltadas à consolidação de uma área de estudos e práticas emergente, denominada Educação Infantil do Campo (EIC). Objetiva expor e discutir experiências realizadas à luz do Ensino e da Pesquisa no âmbito da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que, por meio de professores-pesquisadores, vem, desde 2010, contribuindo com a construção de conhecimento e o fortalecimento de práticas voltadas à referida área. O artigo considera ainda os avanços e as lacunas que a Universidade em análise precisa continuar e superar, respectivamente, na direção de realizar, cada vez mais, o compromisso com a construção do conhecimento e a transformação social. Para tal, são discutidos aspectos históricos concernentes à formulação da própria EIC e levantadas ações a ela relacionadas que vêm sendo desenvolvidas na UFCG, especialmente no que tange ao Ensino e à Pesquisa. Já é possível vislumbrar a presença da EIC no Ensino e na Pesquisa desenvolvidos particularmente na Unidade Acadêmica de Educação (UAEd), vinculada ao Centro de Humanidades (CH) da UFCG. No entanto, outros passos devem ser dados na direção de consolidar as ações em andamento e avançar em outras direções pertinentes ao fazer universitário, como a Extensão.

Biografia do Autor

Fernanda de Lourdes Almeida Leal, Universidade Federal de Campina Grande, UFCG

Docente da Unidade Acadêmica de Educação/Centro de Humanidades, da Universidade Federal de Campina Grande. Docente do Programa de Pós-graduação em Educação. Mestre em Comunicação e Semiótica. Doutora em Ciências Sociais, PPGCS/UFCG.

Maria das Graças Oliveira, Universidade Federal de Campina Grande, UFCG

Docente da Unidade Acadêmica de Educação/Centro de Humanidades, da Universidade Federal de Campina Grande.  Doutora em Educação/UNICAMP.

Referências

BARBOSA, Maria Carmen S.; SILVA, Ana Paula S. da; PASUCH, Jaqueline. Apresentação. In: BARBOSA, Maria Carmen S. et al. (org.). Oferta e Demanda de Educação Infantil no Campo. 1. ed. Porto Alegre: Evangraf, 2012. p. 7-11.

BARBOSA, Maria Carmen S. et al. (org.). Oferta e demanda de Educação Infantil no Campo. 1. ed. Porto Alegre: Evangraf, 2012.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução nº 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Diário Oficial da União: Brasília, DF, Seção 1, p. 11, 16 maio 2006. Disponível em: https://bit.ly/2KPDZCf. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução nº 2, de 28 de abril de 2008. Estabelece diretrizes complementares, normas e princípios para o desenvolvimento de políticas públicas de atendimento da Educação Básica do Campo. Diário Oficial da União: Brasília, DF, Seção 1, p. 81, 29 abr. 2008. Disponível em: https://bit.ly/2D9BQgr. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC, 2010. Disponível em: https://bit.ly/2XGY4jj. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Coordenação Geral de Educação Infantil; UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Educação. Pesquisa nacional caracterização das práticas educativas com crianças de 0 a 6 anos de residentes em áreas rurais. [S. l.]: MEC-UFRGS, 2012. Disponível em: https://bit.ly/37zwmJO. Acesso em: 11 nov. 2017.

FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS – FORPROEX. Manaus, 2012. Anais [...]. Florianópolis: UFSC, 2015. Disponível em: https://bit.ly/2s6L6zG. Acesso em: 11 nov. 2017.

GONÇALVES, Eulizangela Ferreira. A linguagem das Ciências Naturais na Educação Infantil em zonas urbanas e rurais do município de Campina Grande. 2016. 36 f. Monografia (Especialização em Docência na Educação Infantil) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2016.

LEAL, Fernanda de L. A. Educação Infantil do Campo e Pedagogia: um diálogo a se fazer. Trama Interdisciplinar, São Paulo, v. 7, n. 2, p. 164-181, maio/ago. 2016. Disponível em: https://bit.ly/2KOEsoc. Acesso em: 11 nov. 2017.

LEAL, Fernanda de L. A.; RAMOS, Fabiana. Educação Infantil do Campo em foco: infraestrutura e proposta pedagógica em escolas do Nordeste. In: BARBOSA, Maria Carmen S. et al. (org.). Oferta e demanda de Educação Infantil no Campo. 1. ed. Porto Alegre: Evangraf, 2012. p. 153-179.

MACIEL, Wanessa. A demanda por Educação Infantil do Campo: a perspectiva das famílias. 2016. 15 f. Projeto de Pesquisa (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2016.

RAMOS, Jaime L. B. As Representações do lúdico para as Crianças da Educação Infantil do Campo. 2016. 64 f. Monografia (Especialização em Docência na Educação Infantil) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2016.

SANTOS, Audicélia M. dos. Vivências de brincadeiras das crianças na Educação Infantil do Campo: um estudo do município de Pocinhos-PB. 2016. 66 f. Monografia (Especialização em Docência na Educação Infantil) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2016.

SANTOS, Fábio J. S. dos; MOURA, Terciana V. Políticas educacionais, modernização pedagógica e racionalização do trabalho docente: problematizando as representações negativas sobre as classes multisseriadas. In: ANTUNES-ROCHA, Maria Isabel; HAGE, Salomão. Escola de direito: reinventando a escola multisseriada. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 35-48.

SILVA, Ana Paula Soares da et al. Produção acadêmica nacional sobre a Educação Infantil das crianças residentes em área rural. In: BARBOSA, Maria Carmen Silveira et al. (org.). Oferta e demanda de Educação Infantil no Campo. Porto Alegre: Evangraf, 2012. p. 291-331.

SILVA, Ana Paula Soares da; PASUCH, Jaqueline. Orientações Curriculares para a Educação Infantil do Campo. [S. l.: s. n.], [201-]. Disponível em: https://bit.ly/2OgG9gp. Acesso em: 6 set 2017.

SILVA, Isabel de Oliveira e; SILVA, Ana Paula Soares da; MARTINS, Aracy Alves. Infâncias no e do campo: como as crianças vivem, brincam, estudam e compartilham experiências. In: SILVA, Isabel de Oliveira e; SILVA, Ana Paula Soares da; MARTINS, Aracy Alves. Infâncias do Campo. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2013. p. 13-22.

SILVA, Maria do Socorro de Oliveira e. Linguagem oral e literatura infantil: análise da prática de professoras em turmas multisseriadas na zona rural de Boqueirão. 2016. 61 f. Monografia (Especialização em Docência na Educação Infantil) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE. Seminário Nacional de Educação Infantil, 4. Campina Grande, 2018. Anais [...]. Campina Grande: UFCG, 2018. Disponível em: https://bit.ly/2OSxyRz. Acesso em: 2 mar. 2019

Downloads

Publicado

2019-12-19

Edição

Seção

Dossiê Retratos da Educação Infantil do Campo