Translation and Evolution: The Historical Transmission of Culture through Artificial Selection

Davi S. Gonçalves

Resumo


O foco deste artigo concerne à tradição complexa dentro da qual a tradução tem influenciado historicamente a evolução das culturas humanas. O surgimento da linguagem nas interações sociais de nossos ancestrais foi decisiva para a evolução de seus ambientes culturais – tão decisiva que a tentativa de separar estes campos (linguagem e cultura) é tida como impraticável na contemporaneidade. Tendo em mente que minha intenção geral é a de refletir acerca da relação bilateral entre a evolução da linguagem e a da cultura, o meu propósito específico é estabelecer esta ponte no contexto específico das práticas tradutórias. Em termos práticos, quando se pensa na seleção de discursos que ocorre através do processo de tradução, seria plausível afirmar que muitos deles acabam por funcionar mais como uma seleção artificial do que natural. Essas traduções, afinal, não apontam necessariamente para um caminho pré-estabelecido, a ser tomado durante a evolução cultural, mas sim para uma direção influenciada diretamente pelo interesse de alguns sujeitos – independente dos possíveis danos sociais para a cultura humana no cenário a longo prazo que possam estar envolvidos com tais interesses.


Palavras-chave


Evolução;Transmissão Cultural;Seleção Natural e Artificial;Tradução

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7968.2015v35n2p14



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.