Tipos de análise da cultura organizacional de trompenaars (1994) predominantes na área de controladoria em empresas familiares do ramo têxtil

Vanderlei dos Santos, Ilse Maria Beuren, Nelson Hein, Ananias Francisco dos Santos

Resumo


O estudo objetiva identificar os tipos de análise da cultura organizacional de Trompenaars (1994) predominantes na área de controladoria em empresas familiares do ramo têxtil. Realizou-se pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa e quantitativa, por meio de um estudo multicasos. Os dados foram coletados através de entrevista com o controller das empresas. Em relação aos quatro tipos básicos de cultura sugeridos por Trompenaars (1994), conclui-se que não existe um tipo puro, mas há forte presença da cultura familiar entre as empresas pesquisadas nas dimensões Relação entre Empregados, Atitude em Relação à Autoridade, Formas de Mudanças, Formas de Motivação e Recompensa.

Palavras-chave


Cultura organizacional; Tipologia de Trompenaars; Controladoria

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2010v12n27p232

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.