Formação docente e educação a distância: um estudo do cenário educativo de Santa Catarina

Autores

  • Rafael Pereira Ocampo Moré Universidade Federal de Santa Catarina
  • Grace Tavares Vieira Universidade Federal do Rio Grande – FURG
  • Márcia Santiago de Araújo Universidade Federal do Rio Grande – FURG
  • Alexandre Marino Costa Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n32p9

Palavras-chave:

Formação Docente, Educação a Distância, Qualidade

Resumo

A formação docente é fator preponderante na luta pela qualidade na educação do Brasil. A partir da promulgação da Lei de Diretrizes e Bases (LDB), em 1996, tem-se o desafio de formar novos professores e, para isso, verifica-se na Educação a Distância (EaD) uma excelente alternativa de acesso à  educação superior pública. A EaD é definida como proposta educativa que utiliza tecnologias para diminuir a distância entre as Instituições de Ensino Superior (IES) e os alunos, e é nesse contexto que surge a Universidade Aberta do Brasil (UAB), que atualmente é a principal política de formação docente por meio da EaD. O objetivo do trabalho é apresentar as políticas de formação docente inseridas no estado de Santa Catarina, sendo detalhada a UAB no cenário brasileiro e catarinense e analisada a inserção de TICs nas escolas catarinense como mecanismo de promoção e estímulo ao uso da EaD como proposta educativa.

Biografia do Autor

Rafael Pereira Ocampo Moré, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Administração – CPGA. Endereço: Centro Sócio-Econômico da UFSC, CEP 88040-900, Florianópolis, SC.

Grace Tavares Vieira, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde. Endereço: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, Lote 06 CEP: 70.040-020, Brasília, DF.

Márcia Santiago de Araújo, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde. Endereço: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Av. Itália Km 8, Campus Carreiros, CEP 96201-900, Rio Grande, RS.

Alexandre Marino Costa, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004).

Downloads

Publicado

2012-04-26

Edição

Seção

Artigos