A perspectiva transformacional da competência em informação: uma análise de modelos teóricos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2022.e86165

Palavras-chave:

Competência em informação, Modelos teóricos, Perspectiva transformacional, Emancipação social, Teoria Crítica

Resumo

Objetivo: O presente artigo propõe-se a apresentar um panorama sobre três modelos teóricos que abordam a competência em informação em sua perspectiva transformacional, enfatizando suas características e similaridades.

Método: Utiliza a revisão narrativa de literatura, enfatizando as características e similaridades dos três modelos teóricos. Foram analisados o conceito de competência em informação, assim como um breve histórico da evolução do conceito de competência em informação para embasar a análise dos três modelos selecionados, o modelo das Sete Faces (Seven Faces) da competência em informação, o modelo dos Seis Quadros (Six Frames) da competência em Informação e o modelo GeST.

Resultado: A visão transformacional da competência em informação é baseada em Foucault, cuja teoria aborda a relação entre conhecimento e poder, e nos quadros teóricos da Escola de Frankfurt, que consiste de uma visão crítica e busca transformar a realidade social por meio da mudança do status quo, principalmente para populações e sociedades vulnerabilizadas.

Conclusões: Os três modelos analisados possuem diferentes representações do fenômeno da competência em informação compreendido nas práticas informacionais em diferentes contextos, e fornecem uma visão não-hierárquica, mas de complexidade crescente no uso da informação.

Biografia do Autor

Alessandra de Souza Santos, Universidade FUMEC

Doutoranda em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento (Universidade FUMEC). Mestre em Gestão, Educação e Desenvolvimento Local (Centro Universitário UNA). Especialista em Educação Corporativa e Gestão do Conhecimento (Universidade Estácio de Sá). Especialista em Gestão de Pessoas (Centro Universitário UNA). 

Luiz Cláudio Gomes Maia, Universidade FUMEC

Doutor e mestre em Ciência da Informação (UFMG). Professor e coordenador de cursos da Universidade FUMEC atuando nos cursos de graduação em TI e Gestão e no programa pós-graduação em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento.

Referências

ALONSO-ARÉVALO, Julio; LOPES, Carlos; ANTUNES, Maria da Luz. Literacia da informação: Da identidade digital à visibilidade científica. In: LOPES, Carlos et al. (Ed.). Literacia da informação em contexto universitário. Lisboa: Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2016, p. 109-152.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES (ACRL). Framework for Information Literacy for Higher Education, 2015. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/issues/infolit/framework1.pdf. Acesso em: 18 fev. 2022.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES (ACRL). Information Literacy Competency Standards for Higher Education, 2000. Disponível em: https://alair.ala.org/handle/11213/7668. Acesso em: 18 fev. 2022.

BEHRENS, Shirley. A conceptual analysis and historical overview of information literacy. College and Research Libraries, Chicago, IL, v. 55, n. 4, p. 309-322, 1994. Disponível em: https://doi.org/10.5860/crl_55_04_309. Acesso em: 18 fev. 2022.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. A competência em informação no Brasil: cenários e espectros. São Paulo: ABECIN Editora, 2018.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. O estado da arte da competência em informação (CoInfo) no Brasil: das reflexões iniciais à apresentação e descrição de indicadores de análise. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. especial, p. 47-76, 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/648. Acesso em: 18 fev. 2022.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Construção de mapas: desenvolvendo competências em informação e comunicação. 2. ed. ver. ampl. Bauru: Cá entre nós, 2007.

BERRÍO ZAPATA, Cristian. Entre la alfabetización informacional y la brecha digital: Reflexiones para una reconceptualización de los fenómenos de exclusión digital. Revista Interamericana de Bibliotecología, Medellín, Colômbia, v. 35, n. 1, p. 39-53, 2012. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0120-09762012000100004&lng=pt&nrm=.pf&tlng=es. Acesso em: 18 fev. 2022.

BRUCE, Christine Susan et al. Information literacy and informed learning: conceptual innovations for IL research and practice futures. Journal of Information Literacy, Londres, v. 11, n. 1, p. 4-22, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.11645/11.1.2184. Acesso em: 18 fev. 2022.

BRUCE, Christine Susan; EDWARDS, Sylvia; LUPTON, Mandy. Six Frames for Information literacy Education: a conceptual framework for interpreting the relationships between theory and practice. Innovation in Teaching and Learning in Information and Computer Sciences - Italics, Londres, v. 5, n. 1, p. 1-18, 2006. Disponível em: https://doi.org/10.11120/ital.2006.05010002. Acesso em: 18 fev. 2022.

BRUCE, Christine Susan. Informed Learning. Chicago: Association of College and Research Libraries, 2008.

BRUCE, Christine Susan. Information literacy research: dimensions of the emerging collective consciousness. Australian Academic & Research Libraries, Canberra, v. 31, n. 2, p. 91-109, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1080/00048623.2000.10755119. Acesso em: 18 fev. 2022.

BRUCE, Christine Susan. The seven faces of information literacy. Adelaide: Auslib Press, 1997.

BURCHINAL, Lee Garwood. The Communications Revolution: America's Third Century Challenge, Texas A & M University Library's Centennial Academic Assembly, 1976. College Station, Texas. Palestra. Disponível em: https://personalpages.manchester.ac.uk/staff/drew.whitworth/burchinal_the_communications_revolution.pdf. Acesso em: 18 fev. 2022.

CABRA-TORRES, Fabiola et al. Information Literacy in Higher Education: a Sociocultural perspective. Cham: Springer, 2020.

CAMPELLO, Bernadete. A escolarização da competência informacional. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 63-77, 2006. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/18. Acesso em 24 jun. 2022.

COELHO, Tatiene Martins. A inter-relação entre a competência em informação e a gestão do conhecimento para a geração de diferenciais competitivos em participantes de arranjos produtivos locais. 2017. 229 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília, 2017.

CORRÊA, Elisa Cristina Delfini; CASTRO JÚNIOR, Orlando Vieira de. Perspectivas sobre competência em informação: diálogos possíveis. Ciência da Informação, Brasília, v. 47, n. 2, p.35-51, 2018. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4156/3792. Acesso em: 18 fev. 2022.

DOHERTY, John Joseph. No Shhing: giving voice to the silenced: an essay in support of Critical Information Literacy. Library Philosophy and Practice, Lincoln, NE, 133, p. 1-8, 2007. Disponível em: https://digitalcommons.unl.edu/libphilprac/133/. Acesso em: 18 fev. 2022.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana; FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto; FERRARI, Adriana Cybele. Competência Informacional e Midiática: uma revisão dos principais marcos políticos expressos por declarações e documentos. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. especial, p. 213-253, 2017. Disponível em https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/download/675/577. Acesso em: 18 fev. 2022.

ELMBORG, James. Critical information literacy: implications for instructional practice. The Journal of Academic Librarianship, [s.l.], v. 32, n. 2, p. 192-199, 2006. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0099133305001898?via%3Dihub. Acesso em: 18 fev. 2022.

FOASBERG, Nancy Marie. From Standards to Frameworks for IL: How the ACRL Framework addresses critiques of the standards. portal: Libraries and the Academy, Baltimore, MA, v. 15, n. 4, p. 699-717, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1353/pla.2015.0045. Acesso em: 18 fev. 2022.

FOUCAULT, Michel. Power/Knowledge. Selected Interviews and other writings 1972-1977. Nova Iorque: Vintage Books, 1980.

FURTADO, Renata Lira et al. Panorama brasileiro sobre os estudos de competência crítica em informação. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 14, n. 3, p. 824-843, 2021. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/37624. Acesso em: 18 fev. 2022.

GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Metacognição no processo de letramento informacional. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. especial, p. 177-195, 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/655. Acesso em 24 jun. 2022.

HAMELINK, Cees. An alternative to news. Journal of Communication, [s.l.], v. 26, n. 4, p. 120-123, 1976. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1460-2466.1976.tb01947.x. Acesso em: 18 fev. 2022.

JOHNSON, Anna Marie et al. Library instruction and information literacy 2017. Reference Services Review, [s.l.], v. 46, n. 4, p. 628-734, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1108/RSR-07-2018-0061. Acesso em: 18 fev. 2022.

LLOYD, Annemaree. The qualitative landscape of Information Literacy research: perspectives, methods and techniques. Londres: Facet Publishing, 2021.

LLOYD, Annemaree. Information literacy landscapes: Information literacy in education, workplace and everyday contexts. Oxford: Chandos Publishing, 2010a.

LLOYD, Annemaree. Lessons from the workplace: understanding information literacy as practice. In: LLOYD, Annemaree; TALJA, Sanna. Practising Information Literacy: bringing Theories of Learning, Practice and Information Literacy together. Wagga Wagga: Centre for Information Studies, 2010b, p. 29-49.

LOMBARD, Emmet. Pursuing information literacy: roles and relationships. Oxford: Chandos, 2010.

LUPTON, Mandy; BRUCE, Christine Susan. Windows on information literacy worlds: generic, situated and transformative perspectives. In: LLOYD, Annemaree; TALJA, Sanna. Practising Information Literacy: bringing Theories of Learning, Practice and Information Literacy together. Wagga Wagga: Centre for Information Studies, 2010, p. 3-27.

LUPTON, Mandy. Information literacy and learning. 2008. 254 f. Tese (Doutorado) Faculty of Information Technology. Queensland University of Technology. Brisbane, 2008.

MACKEY, Thomas; JACOBSON, Trudi. Metaliteracy: reinventing information literacy to empower learners. Chicago: Neal-Schuman/ American Library Association, 2014.

OTTONICAR, Selma Letícia Capinzaiki; VALENTIM, Marta Lígia Pomim; FERES, Glória Georges. Competência em informação e os contextos educacional, tecnológico, político e organizacional. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 9, n. 1, p. 124-142, 2016. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/2203. Acesso em: 18 fev. 2022.

PINHEIRO, Maria Heldaiva Bezerra; GASQUE, Kelley Cristine Gonçalves Dias. Expansão do letramento informacional com a metacognição e o metaletramento: potencializando aprendizagem do século XXI. Informação & Informação, Londrina, v. 27, n. 1, p. 558-582, 2022. Disponível em: https://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/44814. Acesso em: 24 jun. 2022.

PINTO, Maria; CORDÓN, José Antonio; DÍAZ, Raquel Gómez. Thirty years of information literacy (1977-2007): a terminological, conceptual and statistical analysis. Journal of Librarianship and Information Science, Thousand Oaks, CA, v. 42, n. 1, p. 3-19, 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1177/0961000609345091. Acesso em: 18 fev. 2022.

RAMOS JÚNIOR, Gerson Moreira; MATA, Marta Leandro da; GERLIN, Meri Nadia Marques. Competência em informação como práxis: uma opção pela abordagem cartográfica. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação, Brasília, v. 13, n. 2, p. 636-651, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.26512/rici.v13.n2.2020.31220. Acesso em: 18 fev. 2022.

REYNOLDS, Latisha et al. Library Instruction and Information Literacy 2016. Reference Services Review, Bingley, UK, v. 45, n. 4, p. 596-702, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1108/RSR-08-2017-0028. Acesso em: 18 fev. 2022.

REYNOLDS, Latisha et al. Library Instruction and Information Literacy 2015. Reference Services Review, Bingley, UK, v. 44, n. 4, p. 436-543, 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1108/RSR-08-2016-0051. Acesso em: 18 fev. 2022.

SANCHES, Tatiana Luena Baptista e. O contributo da literacia de informação para a pedagogia universitária: um desafio para as bibliotecas académicas. 2013. 302 f. Tese (Doutorado em Educação), Universidade de Lisboa, Lisboa, 2013.

SANTOS, Alessandra de Souza; MAIA, Luiz Cláudio Gomes; KERR PINHEIRO, Marta Macedo. Competência em informação como inovação social: interdisciplinaridade dos marcos teóricos e da coordenação disciplinar. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 27-46, 2022a. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/190716. Acesso em: 3 jul. 2022..

SANTOS, Alessandra de Souza; MAIA, Luiz Cláudio Gomes; KERR PINHEIRO, Marta Macedo. Competência em informação como fator de inovação social: emancipação social pela transformação. Brazilian Journal of Information Science: Research trends, Marília, vol. 16, p. e02149, 2022b. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjis/article/view/12910. Acesso em: 3 jul. 2022.

SILVA, Carlos Robson Souza da; NUNES, Jefferson Veras; TEIXEIRA, Thiciane Mary Carvalho. Do conceito de informação ao discurso sobre competência em informação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 185-205, 2020. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/158094. Acesso em: 18 fev. 2022.

SNAVELY, Loanne. Information Literacy Standards for Higher Education: an international perspective. In: IFLA Council and General Conference, 47., 2001, Boston. Anais… Boston: IFLA, 2001. Disponível em: https://archive.ifla.org/IV/ifla67/papers/073-126e.pdf. Acesso em: 18 fev. 2022.

SOUZA, Ana Cristina; BAHIA, Eliana Maria dos Santos; VITORINO, Elizete Vieira Dimensões da competência em informação sob a perspectiva de Zarifian. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 25, n. 2, p. 56-76, 2020. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/142162. Acesso em: 18 fev. 2022.

TOMAÉL, Maria Inês; ALCARÁ, Adriana Rosecler; SILVA, Terezinha Elisabeth da. Fontes de informação na Internet: Critérios de Qualidade. In: TOMAÉL, Maria Inês (Org.). Fontes de Informação na Internet. Londrina: UEL, 2008. p. 03-28.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION (UNESCO). Global Media and Information Literacy Assessment Framework: Country Readiness and Competencies, 2013a. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000224655. Acesso em: 18 fev. 2022.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION (UNESCO). Conceptual relationship of information literacy and media literacy in knowledge societies, 2013b. Disponível em: http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/HQ/CI/CI/pdf/wsis/WSIS_10_Event/WSIS_-_Series_of_research_papers_-_Conceptual_Relationship_between_Information_Literacy_and_Media_Literacy.pdf. Acesso em: 18 fev. 2022.

VITORINO, Elizete Vieira. As dimensões da competência em informação. In: VITORINO, Elizete Vieira; DE LUCCA, Djuli Machado. As dimensões da competência em informação: técnica, estética, ética e política. Porto Velho, RO: EDUFRO, 2020, p. 51-70.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional (2). Ciência da Informação, Brasília, v. 40, n. 1, p. 99-110, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v40n1/a08v40n1.pdf. Acesso em: 18 fev. 2022.

WANG, Li; BRUCE, Christine Susan; HUGHES, Hilary. Sociocultural theories and their application in information literacy research and education. Australian Academic & Research Libraries, Canberra, v. 42, n. 4, p. 296-308, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1080/00048623.2011.10722242. Acesso em: 18 fev. 2022.

WITHORN, Tessa et al. Library instruction and information literacy 2019. Reference Services Review, Bingley, UK, v. 48, n. 4, p. 601-682, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1108/RSR-08-2020-0057. Acesso em: 18 fev. 2022.

WITHORN, Tessa et al. Library instruction and information literacy 2018. Reference Services Review, Bingley, UK, v. 47, n. 4, p. 363-447, 2019. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/RSR-08-2019-0047/full/pdf?title=library-instruction-and-information-literacy-2018. Acesso em: 18 fev. 2022.

WHITWORTH, Andrew. Radical information literacy: reclaiming the political heart of the IL movement. Oxford: Chandos, 2014.

ZARIFIAN, Philippe. Objetivo Competência: por uma nova lógica. Trad. Maria Helena C. V. Trylinski. São Paulo: Atlas, 2001.

ZURKOWSKI. Paul George. The Information Service Environment Relationships and Priorities. Related Paper nº. 5, 1974. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=ED100391. Acesso em: 18 fev. 2022.

Downloads

Publicado

2022-12-02

Como Citar

SANTOS, . de S. S.; GOMES MAIA, . C. A perspectiva transformacional da competência em informação: uma análise de modelos teóricos. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 27, n. 1, 2022. DOI: 10.5007/1518-2924.2022.e86165. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/86165. Acesso em: 7 fev. 2023.