O papel das instituições no controle social do PELC Campinas

Débora Alice Machado da Silva, Eliana de Toledo, Silvia Cristina Franco Amaral

Resumo


 

O estudo tem por objetivo identificar os limites e possibilidades de participação das instituições envolvidas no Programa Esporte e Lazer da Cidade - PELC/Campinas no efetivo controle social e na criação de ferramentas para este fim. A etnografia foi utilizada,pois entendemos que devíamos extrapolar a perspectiva macroestrutural na análise dotema, considerando as concepções que cada grupo possuía de suas práticas. Assim, priorizamos olhar a tradição de cada instituição em relação à participação popular, entendendo que superar visões maniqueístas, assistencialistas ou patrimonialistas é condição fundamental para o efetivo controle social. Além disso, explicitamos os critérios fundamentais para a escolha da instituição que ocuparia oficialmente o papel de controle social do programa nesta cidade.


Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2012v24n38p24



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA