Jogo, esporte, criança e ensino: aproximações com a psicologia social de Mead

Carlos Luiz Cardoso

Resumo


O artigo reflete o jogo e o esporte no interior da psicologia social do filósofo George H. Mead, como orientação para a Educação Física escolar. Inicialmente indica os princípios do ‘condutismo social’ [sociedade, pessoa e mente]. Em seguida mostra a ‘emergência’ do ‘outro generalizado’ na passagem do jogo ao esporte. Mais adiante destaca o ‘movimento renovador’ da década de 80 e algumas referências para o ensino no Brasil. Finalmente reflete a necessidade de compreender o desenvolvimento do selfna educação física escolar, destacando as concepções ‘críticas’ para a formação didática dos professores.


Palavras-chave


Psicologia Social; Educação Física; Jogo e Esporte; Criança e Self

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2014v26n42p259



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA