PLANEJAR/MINISTRAR 'AULAS ABERTAS' NO ENSINO MÉDIO: uma experiência de ensino em turma mista de voleibol

Cristiano Mezzaroba, Guilherme Felício M. Coelho, Carlos Luiz Cardoso

Resumo


Trata-se de um relato de experiência acerca de nosso estágio, realizado com uma turma mista de voleibol no Ensino Médio. Para tal, escolhemos a ‘concepção de aulas abertas às experiências’ como a norteadora didático-pedagógica. Através de uma diversidade de configurações, com a participação ativa dos alunos no processo de elaboração das aulas, observou-se a importância de se estabelecer uma melhor ‘comunicação’, garantindo que a busca individual e coletiva concretizasse o planejamento. Através de ‘um sistema aberto de ensino’, em que a centralidade do processo é ‘o mundo de movimento do aluno’, vimos que, inicialmente, eles tinham dificuldade em ‘exercer sua autonomia e se expressar’. Assim, com o ‘tempo’, percebemos uma melhora na captação desse sentido.

Palavras-chave


Experiência de ensino; Voleibol; Ensino médio

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA