Chamada de artigos para dossiês temáticos 2020

Além de artigos em fluxo contínuo (em português, espanhol ou inglês), resenhas e entrevistas, Mundos do Trabalho está com chamada aberta de artigos para os dossiês temáticos indicados abaixo.

Dossiê: "Trabalhadores de construção: por estradas, ferrovias, açudes e outras obras".

Organização: Tyrone Cândido (UECE) e Robério Souza (UNEB)

Apresentação:

A construção de estradas, ferrovias, linhas telegráficas, canais, açudes, portos e usinas encontra-se na base dos processos de modernização econômica da maioria dos países. A execução desses empreendimentos promove sensíveis impactos sociais e ambientais, e é comum que a finalização de grandes obras seja marcada por cerimoniais festivos, com engenheiros, autoridades e governantes angariando o prestígio das inaugurações. No outro lado do processo, inseridos no nada prestigiado cotidiano de trabalho, estão os trabalhadores da construção, homens, mulheres e crianças, na maioria pobres, constituindo turmas de operários, afastados de seus locais de moradia, que atravessam duríssimas jornadas executando no anonimato as prosaicas atividades de escavar, carregar, quebrar... Por lidarem com serviços pesados, as turmas de construção costumam ser formadas pelas composições mais desprotegidas das classes trabalhadoras, executando suas tarefas à céu aberto, padecendo de doenças, vivendo em acampamentos precários, muitas vezes sob regimes de trabalho compulsórios, recebendo baixos salários, às vezes com pagamentos atrasados, às vezes ficando sem receber. Como disse Karl Marx, compõem a “infantaria ligeira do capital”, geralmente proveniente do campo, mas que exercem atividades industriais. Este dossiê pretende reunir estudos que abordem essa multifacetada modalidade de trabalhadores da construção, numa perspectiva global e a partir de casos transcorridos nos mais diversificados tempos e lugares. Comporta, portanto, pesquisas focadas nas diversas regiões brasileiras, mas também relacionadas a outros países, incluindo empreendimentos transnacionais que envolvam o trânsito de trabalhadores por fronteiras. Engloba uma temporalidade igualmente ampla, remontando aos primórdios da expansão do capitalismo até nosso tempo presente, com todas as fases de expansão verificadas nos meios de transporte, comunicação e infraestrutura industrial. Não há restrição de abordagens neste dossiê, sendo bem-vindas investigações no âmbito da História Social que versem sobre as condições dos trabalhadores nos processos de construção, suas formas de resistência e protestos. Considerações sobre gênero, etnicidade, nacionalidade, racismo, qualificação no trabalho, controle de classe, organização sindical e articulações políticas são também de grande importância.

 

Calendário:

Período para submissão de artigos: 01/02/2020 - 01/07/2020

Período para avaliação e decisão sobre publicação dos artigos: 01/07/2020 - 01/09/2020

Período para publicação dos artigos selecionados: 01/09/2020 – 01/12/2020

 

Dossiê: "Os mundos do trabalho e suas interfaces com a ciência, a saúde e a doença”

Organização: Ricardo dos Santos Batista (UNEB), Gabriela dos Reis Sampaio (UFBA)

Apresentação:

O surgimento de doenças endêmicas e epidêmicas em diferentes sociedades no tempo contribuiu para modificar as relações entre os indivíduos, grupos e classes sociais ao longo da história. Em face da desorganização e instabilidade social, econômica e política que podem causar, essas enfermidades acabam por forçar mudanças na própria organização social, como pode ser visto no exame da pandemia de COVID-19 que afeta o mundo no presente momento. A pandemia de coronavírus já afetou as condições de vida e de trabalho de milhões de pessoas ao redor do mundo, gerando aumento do desemprego, precarização das relações laborais e recrudescimento da pobreza, além do risco constante de morte. Por outro lado, revelou ou pôs em relevo aspectos da cultura dos trabalhadores e suas maneiras de lidar com os diferentes saberes e crenças, mobilizou diferentes agentes em prol das medidas de profilaxia, do controle da doença e de uma possível cura. Questões similares a estas, resguardadas as devidas especificidades tempo-espaciais, se manifestaram em outros contextos históricos. A compreensão da experiência humana e das saídas encontradas pelos indivíduos em momentos de doenças graves é importante para que outras gerações se situem frente aos desafios que precisam ser enfrentados. Atenta a essas questões, a Revista Mundos do Trabalho está aceitando submissões de textos para o dossiê "Os mundos do trabalho e suas interfaces com a ciência, a saúde e a doença”. Serão avaliados manuscritos que estabeleçam diálogos entre a relação ciência, saúde, doença e mundos do trabalho em sentido amplo. Serão bem-vindas contribuições sobre o impacto e o perfil social das pessoas atingidas pelas diferentes enfermidades em variados momentos e lugares ao longo da história, o trabalho dos pesquisadores e das diversas categorias profissionais da saúde, as políticas públicas de saúde e assistência aos trabalhadores, as maneiras de lidar com saúde e doença, entre outros.

Calendário:

Período para submissão de artigos: 24/04/2020 – 30/06/2020

Período para avaliação e decisão sobre publicação dos artigos: 30/06/2020 - 31/07/2020

Período para publicação dos artigos selecionados: 01/08/2020 – 01/09/2020

Atenção:

Todos os manuscritos precisam estar estritamente dentro das normas de publicação de Mundos do Trabalho. Diretrizes para Autores podem ser acessadas no seguinte link:

https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/about/submissions#authorGuidelines

Manuscritos submetidos fora das normas serão automaticamente denegados pela Editoria.