Internacionalização na educação superior: docentes brasileiros em espaço africano

Marialva Moog Pinto, Maria Aparecida Marques da Rocha, Gildo Volpato

Resumo


O estudo aqui registrado envolveu docentes brasileiros que realizaram suas práticas docentes em Instituições de Educação Superior africanas. Os docentes responderam a questionários com perguntas abertas, enviados por correio eletrônico. Três professores exerceram a docência em Angola; e uma professora, em Moçambique. O objetivo da pesquisa procurou compreender o quão significativa esta experiência foi para os docentes que dela participaram e quais os desafios e as possíveis tensões vividas por eles nesse processo de ensinar e aprender em solo africano. Os docentes estiveram atentos ao sentimento altruísta em relação aos estudantes africanos, ao processo de colonização, aos impactos relativos à infraestrutura, entre outros desafios.

 


Palavras-chave


Internacionalização da educação; Educação superior; África

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2018v36n2p650



Direitos autorais 2018 Marialva Moog Pinto, Maria Aparecida Marques da Rocha, GILDO VOLPATO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.