A Escola de Aplicação da Universidade de São Paulo: um caso bem sucedido de ensino médio público

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2019.e62047

Palavras-chave:

Ensino médio, Escolas de aplicação, Universidade de São Paulo

Resumo

O presente artigo tem por objetivo contribuir para o debate sobre a funcionalidade do ensino médio por meio da análise de um caso bem sucedido de instituição escolar, as escolas ou colégios de aplicação dependentes de universidades públicas. O estudo forma parte de uma pesquisa mais ampla realizada para a elaboração de tese de doutorado, focada no caso particular da Escola de Aplicação da Faculdade de Educação de Universidade de São Paulo. O texto abrange o período entre 2014 e 2016, momento crucial da recente história brasileira, no qual os graves problemas estruturais do sistema educacional explodiram em protestos que culminaram em ocupações de instituições públicas de ensino secundário. A metodologia utilizada inclui análise bibliográfica, de documentos e de legislações, além do trabalho de campo envolvendo entrevistas a professores e estudantes. O estudo de caso possibilita chegar à conclusão de que quando a escola oferece ensino de qualidade, com professores comprometidos e qualificados, os alunos não questionam sua relevância.

 

Biografia do Autor

Mariana Beatriz Mataluna, Universidad de Buenos Aires

Licenciada e Bacharel em Ciencias da Educação (Universidade de Buenos Aires, 1998), Magister em Integração Latino-americana (PROLAM da Universidade de São Paulo, 2007), Doutora em Ciências Sociais (Universidade de Buenos Aires, 2018). 

Referências

ARELARO, L., VALENTE, I. Progressão Continuada x Promoção Automática - e a qualidade de ensino? São Paulo: Cortez Editora, 2002.

GALVÃO, I. Breve Histórico da Escola de Aplicação. In: SOUZA, L. (Org.). Catálogo institucional: Escola de Aplicação 40 anos. São Paulo: FEUSP. 1999.

KUENZER, A. Ensino Médio e profissional: As políticas do Estado neoliberal. São Paulo: Cortez. 1997.

OLIVEIRA, C. Municipalização do ensino do Brasil. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 1999.

PEREIRA DA SILVA, M. A legislação brasileira e as mudanças na educação infantil. Revista Retratos da Escola, Santa Catarina, v. 5, n. 9, p. 229-244, 2011.

REZENDE PINTO, J. M. O ensino médio. In PORTELA, R., ADRIÃO, T. (Orgs), Organização do ensino no Brasil: níveis e modalidades na Constituição Federal e na LDB. P. 51–76. São Paulo: Xamã, 2002. p.51–76.

ROSA, J. Vaz. Memórias de uma escola: uma história da Escola de Aplicação da FEUSP contada a partir de entrevistas com ex-alunos (1974-1990). 155 f. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2005.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Instituto de Estudos Avançados. Grupo de Estudos: Educação Básica Pública Brasileira: dificuldades aparentes, desafios reais. Diagnósticos e propostas para a Educação Básica Brasileira. São Paulo, 2018.

ZAIA, I. B. A história da educação em risco: avaliação e descarte dos documentos do arquivo da Escola de Aplicação (1958-1985). 360 f. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 2003.

Downloads

Publicado

2019-12-19