Formação continuada de professores dos anos iniciais: “Seminário de Boas Práticas” como proposta de formação e integração docente

Mariana Vaitiekunas Pizarro, Regina Célia dos Santos Nunes Barros, Marli Aparecida Bartholomae da Silva

Resumo


Muitos são os estudos que apontam desafios, demandas e necessidades na busca pelo aprimoramento da formação de professores. Buscando romper com a visão de professor que “reproduz sempre as mesmas práticas”, o presente estudo objetiva conhecer o posicionamento dos professores sobre uma proposta de formação na escola através da socialização de práticas pedagógicas consideradas bem-sucedidas pelos docentes denominada “Seminário de Boas Práticas”, bem como avaliar o alcance dessa situação como proposta de formação continuada. A pesquisa, de caráter qualitativo, fez uso de questionários semiestruturados para mapear as percepções dos professores em relação a esta proposta formativa. Os resultados destacam a importância de qualificar o fazer docente para que não se resuma a um fazer destituído de finalidade e crítica, valorizando as ideias dos professores, tendo em vista legitimar os saberes docentes e refinar suas práticas, superando a compreensão do professor como mero executor de tarefas.


Palavras-chave


Formação de professores; Anos iniciais do ensino fundamental; Formação continuada

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2017v35n3p937



Direitos autorais 2018 Mariana Vaitiekunas Pizarro, Regina Célia dos Santos Nunes Barros, Marli Aparecida Bartholomae da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN print 0102-5473, ISSN 2175-795X.

Recomendamos o uso do browser Firefox_Mozilla como navegador do portal .

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.