Uma leitura do fracasso escolar criticamente orientada

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2021.e70403

Resumo

Este artigo objetiva discutir em que medida as explicações para o fracasso escolar tendem a uma circularidade marcada pela busca do controle de suas causas e das formas de seu enfrentamento sob a ótica da mensuração. Resulta de pesquisa bibliográfica que adotou como fonte de investigação o periódico Cadernos de Pesquisa, da Fundação Carlos Chagas. Para a seleção dos artigos, foram estabelecidos os seguintes critérios: que os artigos fossem publicados entre 2007 e 2017; se referissem a questões voltadas para as desigualdades escolares e que tratassem da Educação Básica. A seleção foi realizada por meio da leitura de todos os resumos dos artigos científicos veiculados no período. Selecionaram-se 83 artigos, que foram lidos na íntegra e analisados conforme as diretrizes para leitura de textos científicos propostas por Severino (2016). Sem descurar da necessidade dos estudos de base estatística, conclui-se que o recrudescimento destas análises tende a confirmar os processos societários vigentes e a corroborar os processos de inclusão/exclusão inerentes a esta particularidade histórica, obscurecendo a efetivação de projetos societários e escolares efetivamente igualitários.

 

Referências

ALVES, Fátima; ORTIGÃO, Isabel; FRANCO, Creso. Origem social e risco de repetência: interação raça-capital econômico. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 130, p. 161-180, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v37n130/08.pdf. Acesso em: 18 mar. 2019.

ANDREWS, Christina W.; DE VRIES, Michiel S. Pobreza e municipalização da educação: análise dos resultados do IDEB (2005-2009). Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 147, p. 826-847, maio/ago. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v42n147/10.pdf. Acesso em: 18 mar. 2019

ANGELUCCI, Carla Biancha; KALMUS, Jaqueline; PAPARELLI, Renata; PATTO, Maria Helena S. O estado da arte da pesquisa sobre o fracasso escolar (1991-2002): um estudo introdutório. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n. 1, jan./abr. 2004.

APPLE, Michael. Educando à direita: mercados, padrões, Deus e desigualdade. São Paulo: Cortez; Instituto Paulo Freire, 2003.

BIESTA, Gert. Boa educação na era da mensuração. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 147, p. 808-825, maio/ago. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v42n147/09.pdf. Acesso em: 4 set. 2019.

CRAHAY, Marcel; BAYE, Ariane. Existem escolas justas e eficazes? Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 150, p. 858-883, set./dez. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v43n150/07.pdf. Acesso em: 2 out. 2019.

AUTORA. Os ciclos do fracasso escolar: concepções e proposições. 2008. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, UFG, Goiânia, 2008.

GENTILI, Pablo A. A. O discurso da “qualidade” como nova retórica conservadora no campo educacional. In: GENTILI, Pablo A. A.; SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Neoliberalismo, qualidade total e educação: visões críticas. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999.

GONÇALVES, Guilherme Quaresma; MENICUCCI, Telma Maria Gonçalves; AMARAL, Ernesto F. L. Diferencial educacional entre beneficiários e não beneficiários do programa Bolsa Família. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 47, n. 165, p. 770-795, jul./set. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v47n165/1980-5314-cp-47-165-00770.pdf. Acesso em: 2 fev. 2019.

HOBSBAWM, Eric J. A era do capital: 1848-1875. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2004.

HOBSBAWM, Eric J. A era dos impérios: 1875-1914. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

MARCHELLI, Paulo Sérgio. Expansão e qualidade da educação básica no Brasil. Cadernos Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 140, p. 561-585, maio/ago. 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v40n140/a1340140.pdf. Acesso em: 5 maio 2019.

MARCHESI, Álvaro; PÉREZ, Eva M. A compreensão do fracasso escolar. In: MARCHESI, Álvaro; GIL, Carlos H. Fracasso escolar: uma perspectiva multicultural. Porto Alegre: Artmed, 2004.

MATOS, Daniel Abud Seabra; FERRÃO, Maria Eugénia. Repetência e indisciplina: evidências de Brasil e Portugal no PISA 2018. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 46, n. 161, p. 614-636, jul./set. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v46n161/1980-5314-cp-46-161-00614.pdf. Acesso em: 7 jul. 2019.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de. Da universalização do Ensino Fundamental ao desafio da qualidade: uma análise histórica. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n.100 – Número Especial, p. 661-690, out. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v28n100/a0328100.pdf. Acesso em: 7 jul. 2019.

PATTO, Maria Helena S. A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. 4.ed. São Paulo: Intermeios, 2015.

PATTO, Maria Helena S. Mutações do cativeiro: escritos de psicologia e política. São Paulo: Hacker Editores; Edusp, 2000.

PATTO, Maria Helena S. O fracasso escolar como objeto de estudo: anotações sobre as características de um discurso. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 65, p. 72-77, maio 1988. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/1198. Acesso em: 12 nov. 2019

SAVIANI, Dermeval. História do tempo e tempo da história: estudos de historiografia da educação. Campinas, SP: Autores Associados, 2015.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 24. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2016.

SILVA, Isabelle Fiorelli. Origem e evolução do paradigma da escola eficaz e seus desdobramentos no contexto atual. Perspectiva, Florianópolis, v. 33, n. 2, p. 707-738, maio/ago. 2015. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/318845386. Acesso em: 5 out. 2019.

SOARES, José Francisco. Melhoria do desempenho cognitivo dos alunos do ensino fundamental. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 130, p. 135-160, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v37n130/07.pdf. Acesso em: 28 ago. 2019.

SOARES, José Francisco; ALVES, Maria Teresa Gonzaga. Efeitos de escolas e municípios na qualidade do ensino fundamental. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 149, p. 492-517, maio/ago. 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v43n149/07.pdf. Acesso em: 4 out. 2019.

SOARES, Magda Becker. Alfabetização no Brasil: o estado do conhecimento. Brasília: INEP, 1989.

TIBALLI, Elianda F. Arantes. Universalização da Educação Básica e desigualdade educativa no discurso educacional brasileiro. In: MIRANDA, Marília Gouvea de (org.). Educação e desigualdades sociais. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2016.

VAZ, Paula Mariza Fortunato; MARTINS, Ana Paula Loução; CORREIA, Luiz de Miranda. Monitorização do progresso do aluno na identificação de risco na leitura. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 47, n. 164, abr./jun. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v47n164/1980-5314-cp-47-164-00612.pdf. Acesso em: 22 ago. 2019.

Downloads

Publicado

2021-02-23

Como Citar

Faria, G. G. G. (2021). Uma leitura do fracasso escolar criticamente orientada . erspectiva, 39(2), 1–14. https://doi.org/10.5007/2175-795X.2021.e70403