As Funções Administrativas e as Práticas Gerenciais na Educação Superior Privada

Thiago Henrique Almino Francisco, Alexandre Marino Costa, Adelcio Machado dos Santos, Alexandre Moraes Ramos

Resumo


O artigo busca contextualizar as práticas gerenciais que configuram as funções administrativas de planejamento, organização, direção e controle como um diferencial competitivo para o segmento privado da educação superior. A digressão teórica elenca aspectos relacionados à educação superior no cenário atual, bem como um delineamento concreto sobre contributos que confirmam a inferência de determinadas práticas gerenciais que consolidam a gestão da educação superior no âmbito da livre iniciativa. Para tal, as interações metodológicas ocorrem sob as orientações da pesquisa acadêmica, bibliográfica de caráter documental indireto e que se classifica como intervencionista, descritiva-explicativa, de cunho qualitativo e designada como uma pesquisa participante. Os resultados das investigações permitem concluir que as funções administrativas tornam-se diferenciais competitivos no contexto da educação superior privada a partir da institucionalização de práticas gerenciais, como metodologias de planejamento universitário, de gestão por competências e de consolidação da avaliação institucional que se configura como um método de organização e controle aplicado às instituições.


Palavras-chave


Funções administrativas. Educação Superior. Práticas Gerenciais

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n35p95

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.