Abordagem à gestão de dados científicos num plano de estudos de graduação: resultados de uma experiência didática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2023.e90387

Palavras-chave:

Gestão de dados científicos, Política de gestão de dados científicos, Software de gestão de dados científicos

Resumo

Objetivo: o presente artigo tem por objetivo apresentar um projeto de conceção e uma proposta de implementação de uma estratégia de gestão de dados científicos adequada a uma unidade de investigação, mostrando como esta temática pode ser incluída num currículo de graduação em Ciência da Informação, através da aprendizagem baseada em projetos. Evidenciar o que á a gestão de dados científicos e quais as componentes de uma estratégia de gestão de dados científicos, enquadram este objetivo geral.

Método: foi realizada uma revisão da literatura e levantamento documental sobre a gestão de dados científicos, complementada com um levantamento sobre software livre para a gestão de dados científicos, para enquadramento e desenvolvimento da temática do projeto. Para concretizar a metodologia de aprendizagem baseada em projetos, foi criado um blog que serviu para melhorar a interação entre as discentes e a docente, bem como para dar a conhecer os outputs do projeto.

Resultado: é apresentado um levantamento dos principais aspetos a ter em conta numa política de gestão de dados científicos. A partir deste levantamento, foi criado um documento orientador de uma política de gestão de dados científicos, aplicável a uma unidade de investigação. A partir deste documento, foram elaborados materiais de divulgação e fomento à gestão de dados científicos. Identificados os softwares para a gestão de dados científicos, foi selecionado o software CKAN, tendo sido produzido um vídeo explicativo das funcionalidades que esta ferramenta oferece. Foram ainda criados materiais de divulgação de uma estratégia de dados científicos, incluindo um folheto gráfico e um tutorial vídeo.

Conclusões: conclui-se que a formulação de uma estratégia de gestão de dados científicos para uma unidade de investigação envolve um processo complexo que convoca um leque alargado de competências do profissional da informação, as quais podem ser desenvolvidas com proveito a partir da aprendizagem baseada em projetos. Por outro lado, evidenciam-se as vantagens inerentes à implementação de uma estratégia de gestão de dados científicos para as unidades de investigação, pois minimiza a probabilidade de danos inesperados e maximiza o investimento na pesquisa.  v

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Lúcia Terra, University of Coimbra

Possui doutorado em Ciências Documentais e Docente na Universidade de Coimbra. Tem experiência na área de Ciência da Informação

Jéssica Luísa Carneiro, Polytechnic Institute of Porto / INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DO PORTO

Licenciada em Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação (ISCAP) | Estudante de Mestrado em Negócio Eletrónico (ISCAP)

Ana Sofia Silva, Polytechnic Institute of Porto / INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DO PORTO

Estudante de Mestrado em Negócio Eletrónico (ISCAP)

Referências

ALBAGLI, Sarita; CLINIO, Anne; RAYCHTOCK, Sabryna. Ciência Aberta: correntes interpretativas e tipos de ação. Liinc em Revista. Rio de Janeiro, v.10, n.2, p.434-450, 2014. DOI: http://dx.doi/10.18617/liinc.v10i2.749. Acesso em: 13 fev. 2022.

ASHIQ, Murtaza; WARRAICH, Nosheen Fatima. Librarian’s perception on data librarianship core concepts: a survey of motivational factors, challenges, skills and appropriate trainings platforms. Library Hi Tech, 2022. DOI: https://doi.org/10.1108/LHT-12-2021-0487. Acesso em: 27 julho 2022.

BOROCHOVICIUS, Eli; TORTELLA, Jussara Cristina Barboza. Aprendizagem baseada em problemas: um método de ensino-aprendizagem e suas práticas educativas. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 22, n.83, p.263–293, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40362014000200002. Acesso em: 30 abril 2022.

CHAN Leslie; OKUNE, Angela; SAMBULI, Nanjira. O que é ciência aberta e colaborativa, e que papéis ela poderia desempenhar no desenvolvimento? In: ALBAGLI, Sarita; MACIEL, Maria Lucia; ABDO, Alexandre Hannud (Org.). Ciência aberta, questões abertas. Brasília; Rio de Janeiro: IBICT; UNIRIO, 2015. p. 91-120. Disponível em: http://livroaberto.ibict.br/bitstream/1/1060/1/Ciencia%20aberta_questoes%20abertas_PORTUGUES_DIGITAL%20(5).pdf. Acesso em: 15 abril 2022.

CURTY, Renata Gonçalves. Abordagens de reúso e a questão da reusabilidade dos dados científicos. Liinic em Revista. Rio de Janeiro, v.15, n.2, p.177-193, nov. 2019. ISSN 1808-3536. DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v15i2.4777. Acesso em: 8 abril 2022.

CURTY, Renata Gonçalves. As diferentes dimensões do reuso de dados científicos. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciências da Informação, 17, 2016, Bahia. Disponível em: http://www.ufpb.br/evento/index.php/enancib2016/enancib2016/paper/viewFile/4056/2495. Acesso em: 11 abril 2022.

DATA Management Policy. University of London. [s.d.]. Disponível em: https://intranet.royalholloway.ac.uk/staff/assets/docs/pdf/data-management-policy.pdf. Acesso em: 1 abril 2022.

GUANDALINI, Clara Alcina; FURNIVAL, Ariadne Chloë Mary; ARAKAKI, Ana Carolina Simionato. Boas práticas científicas na elaboração de planos de gestão de dados. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Campinas, v.17, p.1-20, 2019. ISSN 1678-765X. DOI: http://dx.doi/10.20396/rdbci.v17i0.8655895. Acesso em: 11 Mar. 2022.

HAMAD, Faten; AL-FADEL, Maha; AL-SOUB, Aman. Awareness of Research Data Management Services at Academic Libraries in Jordan: Roles, Responsibilities and Challenges. New Review of Academic Librarianship, v.27, n.1, p.76-96, 2021. DOI: http://dx.doi/10.1080/13614533.2019.1691027. Acesso em: 27 julho 2022.

Inter-university Consortium for Political and Social Research. Guidelines for Effective Data Management Plans. Ann Arbor: MI: Institute for Social Research University of Michigan, 2012. Disponível em: https://www.icpsr.umich.edu/files/datamanagement/DataManagementPlans-All.pdf. Acesso em: 17 abril 2022.

KOKOTSAKI, Dimitra; MENZIES, Victoria; WIGGINS, Andy. Project-based learning: a review of the literature. Improving Schools, v.19, n.3, p.267–277, 2016. DOI: https://doi.org/10.1177/1365480216659733. Acesso em: 30 abril 2022.

KOLTAY, Tibor. Data literacy for researchers and data librarians. Journal of Librarianship and Information Science, v. 49, n.1, p.3-14, 2017. DOI: https://doi.org/10.1177/0961000615616450. Acesso em: 22 maio de 2022.

MACEDO, José Filipe da Silva Guimarães Arade de. Computação em nuvem: Um estudo empírico exploratório sobre as determinantes de preocupação com a proteção de dados. 2015. 205 f. Dissertação (Mestre em Assessoria e Administração) - Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, Porto, 2015. Disponível em: https://recipp.ipp.pt/bitstream/10400.22/7802/1/Jos%c3%a9_Filipe_Macedo_AA_2015.pdf. Acesso em: 27 abril 2022.

MICHENER, William K. Ten Simple Rules for Creating a Good Data Management Plan. PLOS, [S.l.], 22 out. 2015. DOI: http://dx.doi/10.1371/journal.pcbi.1004525. Acesso em: 27 fev. 2022.

OLIVEIRA, Adriana Carla Silva de; SILVA, Edilene Maria da. Ciência aberta: dimensões para um novo fazer científico. Informação & Informação. Londrina, v. 21, n.2, p.5-39, 2016. DOI: http://dx.doi/10.5433/1981-8920.2016v21n2p5. Acesso em: 13 fev. 2022.

PEREIRA, Gabriela Viale; MACADAR, Marie Anne; LUCIANO, Edimara. M.; & TESTA, Maurício Gregianin. Delivering public value through open government data initiatives in a Smart City context. Information Systems Frontiers, v. 19, n.2, p.213–229, 2017. DOI: http://dx.doi/10.1007/s10796-016-9673-7. Acesso em: 13 fev. 2022.

PINFIELD, Stephen; COX, M, Andrew; RUTTER, Sophie. Mapping the Future of Academic Libraries: A Report for SCONUL. SCONUL, 2017. Disponível em: https://www.sconul.ac.uk/sites/default/files/documents/SCONUL%20Report%20Mapping%20the%20Future%20of%20Academic%20Libraries.pdf. Acesso em: 25 julho 2022.

PRÍNCIPE, Pedro; SARAIVA, Ricardo. Serviços para suporte à gestão de dados científicos na UMINHO: plano de intervenção dos SDUM. In: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas. 12, 2015, Universidade do Minho. Disponível em: https://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/article/view/1362. Acesso em: 17 abril 2022.

REIS, Makson de Jesus. Ciência de dados e ciência da informação: guia para alfabetização de dados para bibliotecários. 2019. 143 f. Dissertação (Mestre em Gestão da Informação e do Conhecimento) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/12667/2/MAKSON_%20JESUS_REIS.pdf. Acesso em: 21 maio de 2022.

RIBEIRO, Cristina; FERNANDES, Maria Eugénia Matos. Curadoria de Dados na Universidade do Porto: Identificação de práticas em diversas áreas disciplinares. In: CONFOA, 2, 2011, Rio de Janeiro. Disponível em: https://conferencias.rcaap.pt/confoa2011/confoa2/paper/view/80. Acesso em: 14 fev. 2022.

RIBEIRO, Luis Roberto de Camargo. A aprendizagem baseada em problemas (PBL): uma implementação na educação em engenharia na voz dos autores. 2005. 236p. Tese (Doutor em Educação) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2353. Acesso em: 29 abril 2022.

RIDSDALE, Chantel; ROTHWELL, James; SMIT, Mike; ALI-HASSAN, Hossam; BLIEMEL Michael; IRVINE, Dean; KELLEY, Daniel; MATWIN, Stan; Wuetherick, Brad. Strategies and Best Practices for Data Literacy Education: Knowledge Synthesis Report. Dahouse University, 2015. DOI: http://dx.doi/10.13140/RG.2.1.1922.5044. Acesso em: 25 jullho 2022.

SILVA, Maria Helena Ferreira Xavier da; SALES, Luana Farias; SAYÃO, Luis Fernando; DRUMOND, Geisa Meirelles MARANHÃO, Ana Maria Neves. Competências dos bibliotecários na gestão dos dados de pesquisa. Ciência da Informação. Brasília, v.48, n.3, p. 303-313. 2020. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4973/4458. Acesso em: 27 julho 2022.

SARAMAGO, Maria de Lurdes. Metadados para a preservação digital e aplicação do modelo OAIS. In: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas. 8, 2004, Lisboa. Disponível em: https://www.bad.pt/publicacoes/index.php/congressosbad/article/view/640/637. Acesso em: 27 abril 2022.

SAYÃO, Luís Fernando. Repositórios Digitais Confiáveis para a Preservação de Periódicos Eletrônicos Científicos. PontodeAcesso. Salvador, v.4, n.3, p. 68-94, dez. 2010a. Disponível em: http://eprints.rclis.org/15903/1/4709-12401-1-PB%5B1%5D.pdf. Acesso em: 17 abril 2022.

SAYÃO, Luís Fernando. Uma outra face dos metadados: Informações para a gestão da preservação digital. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação. Florianopolis, v. 15, n.30, p. 1-31, 2010b. ISSN 1518-2924. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/147/14716919002.pdf. Acesso em: 29 abril 2022.

SAYÃO, Luís Fernando; SALES, Luana Farias. Curadoria digital: um novo patamar para preservação de dados digitais de pesquisa. Informação & Sociedade: Estudos. João Pessoa, v. 22, n.3, p. 179-191, set.-dez. 2012. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Instituicao/Docentes/EdbertoFerneda/curadoria-digital---sayao.pdf. Acesso em: 1 maio 2022.

SAYÃO, Luís Fernando; SALES, Luana Farias. Dados abertos de pesquisa: ampliando o conceito de acesso livre. RECIIS. Rio de Janeiro, v.8, n.2, p.76-92. jun. 2014. ISSN 1981-6278. DOI: 10.3395/reciis.v8i2.934.pt. Disponível em: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/17102. Acesso em: 17 abril 2022.

SAYÃO, Luís Fernando; SALES, Luana Farias. Guia de gestão de dados de pesquisa para bibliotecários e pesquisadores. Rio de Janeiro, CNEN, 2015. Disponível em: http://carpedien.ien.gov.br/bitstream/ien/1624/1/GUIA_DE_DADOS_DE_PESQUISA.pdf. Acesso em: 27 abril 2022.

SEMELER, Alexandre Ribas; PINTO, Adilson Luiz; ROZADAS, Helen Beatriz Frota. Data science in data librarianship: Core competencies of a data librarian. Journal of Librarianship and Information Science, v.51, n.3, p. 771-780. 2019. DOI: http://dx.doi/10.1177/0961000617742465. Acesso em: 27 julho 2022.

TANANBAUM, Greg. Implementing an Open Data Policy. [S.l.] SPARC, [S.d.]. Disponível em: https://sparcopen.org/wp-content/uploads/2016/01/sparc-open-data-primer-final.pdf. Acesso em: 24 abril 2022.

Publicado

2023-02-07

Como Citar

TERRA, Ana Lúcia; CARNEIRO, Jéssica Luísa; SILVA, Ana Sofia. Abordagem à gestão de dados científicos num plano de estudos de graduação: resultados de uma experiência didática. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 28, p. 1–23, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2023.e90387. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/90387. Acesso em: 23 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.