Avaliações de produções científicas: desafios e motivações de editores e avaliadores

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2023.e92858

Palavras-chave:

Editores, Revisores, Produções científicas, Artigos, Revisão por pares

Resumo

Objetivo: Esta investigação teve como foco compreender os desafios e motivações de editores e avaliadores, no processo de avaliação de produções submetidas a periódicos científicos.

Metodologia: Para tal, conduziu-se esta pesquisa por meio de aporte metodológico focado na abordagem qualitativa, com uso do método de pesquisa exploratória e de questionários direcionados a avaliadores e a editores de periódicos da Ciência da Informação e da Educação, a fim de coletar dados a serem tratados por meio da análise de conteúdo com o estabelecimento de categorias. 

Resultados: Os resultados demonstram que a maioria dos editores e avaliadores, respondentes desta investigação, é experiente na percepção do trabalho editorial, e que no Brasil os envolvidos com a editoração científica são voluntários, e ainda pouco reconhecidos por méritos acadêmicos.

Conclusão: Conclui-se que, com a complexidade, relevância e as controvérsias em torno do processo de avaliação, o qual envolve todos os atores da produção científica (editores, avaliadores e autores), talvez essas experiências de papéis ajudem na compreensão da necessidade de um parecer bem elaborado e em tempo hábil, mas também, deveriam contribuir para que as diversas ações sugeridas pelos sujeitos da pesquisa, fossem realmente colocadas em prática, colaborando para o desenvolvimento da ciência e da comunidade científica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Giovanna Guedes Farias, Universidade Federal do Ceará

Doutora em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia, com período sanduíche na Università della Calabria (Unical)  na Itália, fomentado pela Capes. Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará. Líder do Grupo de Pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - (PQ 2).

Gildenir Carolino Santos, Universidade Estadual de Campinas

Pós-Doutor em Divulgação Científica pelo Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo da Universidade Estadual de Campinas. Doutor e Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Especialista em Gestão Pública pelo Instituto de Matemática e Estatística, Diretoria Geral da Adminsitração da Universidade Estadual de Campinas. Bacharel em Biblioteconomia pela PUC-Campinas. Responsável pelo Portal de Periódicos Eletrônicos Científicos da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução: Luís Antero reto e Augusto Pinheiro. Edição e revista atualizada. Lisboa: Edições 70, 2009.

CABRAL, S. Autores, pareceristas e editores: tripé do processo de revisão de artigos científicos. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, SP, v. 58, n. 4, p. 433-437, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0034-759020180408. Acesso em: 20 dez. 2022.

FARIAS, M. G. G. Análise da produção, implementação e avaliação de um modelo de mediação da informação no contexto de uma comunidade urbana. 2014. (Tese de Doutorado em Ciência da Informação). Universidade Federal da Bahia, Instituto de Ciência da Informação, Salvador.

GROSS, C. P.O. Parecerista: protagonista anônimo da qualidade. Revista Direito GV, São Paulo, v.16, n. 2, e1957, 2020, ISSN 2317-6172. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2317-6172201957. Acesso em: 20 dez. 2022.

MAIA, F. C. de A.; FARIAS, G. B. de; FARIAS, M. G. G. Percepção sobre o compartilhamento de conhecimento entre avaliadores sob a ótica dos editores científicos. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 20, e022003, 2022. DOI: 10.20396/rdbci.v20i00.8667456. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8667456. Acesso em: 20 dez. 2022.

RIGO, A. S. Comunidade acadêmica, produtivismo e avaliação por pares. Perspectivas: Revista de Administração de Empresas, São Paulo, SP, v. 57, n. 5, set./out., 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0034-759020170508. Acesso em: 20 dez. 2022.

STUMPF, I. R. C. Avaliação pelos pares nas revistas de comunicação: visão dos editores, autores e avaliadores. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 13, n. 1, p. 18-32, 2008. ISSN 1981-5344. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-99362008000100003. Acesso em: 20 dez. 2022.

STUMPF, I. R. C. Revisão pelos pares: do tradicional ao inovador. In: CONFERÊNCIA IBEROAMERICANA DE PUBLICAÇÕES ELETRÔNICAS NO CONTEXTO DA COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA, 1., 2006, Brasília, DF. Anais da [...]. [S.l.]: [s.n.], 2006. Disponível em: https://bit.ly/3xw9v0a. Acesso em: 20 dez. 2022.

Publicado

2023-08-15

Como Citar

GUEDES FARIAS, Maria Giovanna; SANTOS, Gildenir Carolino. Avaliações de produções científicas: desafios e motivações de editores e avaliadores. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 28, p. 1–26, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2023.e92858. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/92858. Acesso em: 21 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.