Abordagem experimental da força de atrito em aulas de Física do Ensino Médio

Autores

  • Marco Aurélio Alvarenga Monteiro Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP
  • Isabel Cristina de Castro Monteiro Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP
  • Alberto Gaspar Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2012v29n3p1121

Palavras-chave:

Ensino de Física, Atividade Experimental, Força de Atrito

Resumo

Neste trabalho, propomos e descrevemos a realização de uma atividade experimental para abordar o conceito de atrito em aulas práticas de Física do Ensino Médio. Utilizamos um equipamento de simples construção e de baixo custo que possibilita a determinação do coeficiente de atrito estático entre duas superfícies por meio de três procedimentos distintos. Os resultados obtidos foram coerentes entre si, com pequeno desvio percentual, o que confere confiabilidade à atividade. A atividade também permite uma maior contextualização de conceitos que normalmente são abordados apenas de forma teórica, exigindo um nível maior de abstração dos alunos, o que pode estimular as discussões e uma maior interação entre professor e alunos.

 

Biografia do Autor

Marco Aurélio Alvarenga Monteiro, Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP

Isabel Cristina de Castro Monteiro, Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP

Alberto Gaspar, Departamento de Física e Química - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá - UNESP/SP

Downloads

Publicado

2012-12-13

Edição

Seção

Atividades experimentais no ensino de Física