Africanidades na paisagem brasileira DOI:10.5007/1807-1384.2010v7n1p96

Silvio Marcus de Souza Correa

Resumo


As paisagens do Brasil foram marcadas desde o período colonial por vários componentes alienígenas. Entre eles, destacam-se as plantas de origem africana e asiática. O presente estudo trata de evidências da melancia (Citrullus lanatus) nos arredores de São Salvador da Bahia. Integrada à dieta alimentar dos brasileiros desde o século XVI, ela “africanizou” a paisagem baiana, embora sua posterior expansão pelo território nacional tenha ocorrido devido a vários fatores internos; inclusive, ao seu “abrasileiramento”. No entanto, o olhar dos viajantes europeus distinguia, ainda no século XIX, os elementos exóticos da paisagem brasileira, como as bananas, as mangas e as melancias, apesar de sua “naturalização” no ambiente e na percepção dos brasileiros em relação à paisagem.

Palavras-chave: história da paisagem. migração de plantas. Salvador da Bahia


Palavras-chave


história da paisagem; migração de plantas; Salvador da Bahia

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2010v7n1p96

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsEste trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

  Início