Corpo e conhecimento em Merleau-Ponty

Autores

  • Fabio di Clemente Universidade de Urbino (Itália)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2008v5n2p1

Resumo

http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2008v5n2p1O estudo enfoca o problema do conhecimento, analisando-o através de dois pontos: o vínculo teorético do nível perceptivo e as suas conseqüências para a relação entre a tradição filosófica e a reflexão sobre a ciência. O primeiro ponto mostra a função original do corpo, retomando a fenomenologia de Merleau-Ponty; o segundo ponto destaca e desenvolve o sentido dessa reabilitação do corpo frente à teoria e prática da pesquisa científica. O resultado que se busca evidenciar é duplo: requalificar o peso teorético do corpo e, com ele, as noções filosóficas tradicionais, como aquelas de subjetividade e de fundamento; e justificar, a esse nível, a necessidade da interação entre a teoria filosófica e a teoria e prática científicas.  

Biografia do Autor

Fabio di Clemente, Universidade de Urbino (Itália)

Downloads

Publicado

2009-01-22

Edição

Seção

Artigos