Família e trabalho na contemporaneidade: a percepção de trabalhadores domiciliares da indústria calçadista sobre a fusão do ambiente de trabalho ao ambiente doméstico

Autores

  • Amanda Mendes Silva Centro Universitário de Franca Uni-FACEF
  • Daniela de Figueiredo Ribeiro Centro Universitário de Franca Uni-FACEF

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2011v8n1p133

Resumo

Trata-se de um estudo que teve por objetivo compreender o universo familiar no qual o espaço doméstico se funde ao ambiente de trabalho, o que ocorre nas denominadas bancas de pesponto, oficinas de trabalho que prestam serviços à industria de calçados. Foi utilizada a abordagem qualitativa e etnográfica para o estudo. A coleta de dados ocorreu em duas fases, exploratória e focalizada. Na etapa exploratória houve observação participante em dez residências em um bairro operário onde, na maior parte das casas, o trabalho era informal e domiciliar. Na fase focalizada foram realizadas dezenove entrevistas individuais e semi-estruturadas com membros de seis famílias. Os dados obtidos nas entrevistas passaram por uma análise hermenêutica-dialética. Os resultados mostraram que grande parte dos entrevistados caracterizou genericamente a família e o fizeram reproduzindo um discurso baseado em modelos tidos socialmente como ideais. Em relação ao fato de possuírem o trabalho no mesmo ambiente que a casa, muitos entrevistados abordaram a questão do tempo, uma vez que se trabalha mais por não ter horários fixos, podendo prejudicar a relação familiar, pois se passa mais tempo trabalhando do que com a família, mesmo estando no ambiente doméstico. Além disso, relataram acerca dos pontos positivos e negativos desta condição do trabalho, sendo positivo o trabalho em casa porque se economiza com transporte e pode-se estar mais perto dos filhos, além de compensar financeiramente. Porém essa relação pode levar ao desgaste das relações conjugais e entre pais e filhos.

Biografia do Autor

Amanda Mendes Silva, Centro Universitário de Franca Uni-FACEF

Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário de Franca – Uni-FACEF no ano de 2009.

Daniela de Figueiredo Ribeiro, Centro Universitário de Franca Uni-FACEF

Docente do Departamento de Psicologia do Centro Universitário de Franca – Uni-FACEFDoutora em Ciências pela FFCLRP-USP

Downloads

Publicado

2011-07-11

Edição

Seção

Artigos