A teleologia e a aleatoriedade no estudo das ciências da natureza: sistemas, ontologia e evolução

Paulo Pereira Martins Júnior, Vitor Vieira Vasconcelos

Resumo


Propõe-se uma investigação sobre a temática da Teleologia, como tratada no decorrer da história do pensamento humano, e com especial enfoque no intercurso relacionado ao desenvolvimento das teorias científicas referentes ao estudo da Natureza. A apresentação do tema começa com definições conceituais sobre teleologia. Em seguida é revisitado o caminho histórico trilhado pelo conceito de teleologia no desenvolvimento científico. Em um primeiro tópico, será tratada a questão da teleologia nas ciências biológicas e da vida, com ênfase na repercussão das teorias vitalistas e seleção natural. Em seguida, é contraposta a concepção dialética de sistemas teleológicos e sistemas aleatórios. Finda-se o artigo com uma reflexão sobre como os temas tratados são pertinentes dentro do área de estudos das ciências ambientais, onde são conjugados sistemas físicos, biológicos e humanos, com as diversas nuances e utilizações de conceitos teleológicos.


Palavras-chave


Teleologia; Biologia; Ciência; Epistemologia; Meio Ambiente

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2011v8n2p316

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.