Aquifer recharge: epistemology and interdisciplinarity

Autores

  • Vitor Vieira Vasconcelos Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, MG
  • Paulo Pereira Martins Junior Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, MG
  • Renato Moreira Hadad Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
  • Sucharit Koontanakulvong Universidade de Chulalongkorn, Bangkok

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2013v10n2p360

Palavras-chave:

Aquíferos, Hidrogeologia, Epistemologia, Meio Ambiente, Interdisciplinaridade

Resumo

As questões ambientais envolvendo recarga e descarga de aquíferos apresentam-se como um desafio para a interdisciplinaridade. Empreende-se, neste artigo, um estudo epistemológico da contribuição de diversas áreas de conhecimento à pesquisa dos processos hidrogeológicos. Apresenta-se, como hipótese, que esse diálogo acena a desenvolvimentos imprescindíveis para a resolução dos problemas ambientais e de uso da água contemporâneos e vindouros. Dessarte, propõe-se discutir perspectivas epistemológicas e de gestão de informações que possam contribuir para a melhor caracterização espacial, qualitativa e quantitativa da recarga de aquíferos. Por fim, são elaboradas modelagens conceituais preliminares demonstrando as possibilidades de articulação interdisciplinar para resolução dos desafios ambientais apresentados.

Biografia do Autor

Vitor Vieira Vasconcelos, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, MG

Doutorando em Geologia, pela Universidade Federal de Ouro Preto. Mestre em Geografia, Especialista em Solos e Meio Ambiente, Bacharel em Filosofia, Técnico em Meio Ambiente e Técnico em Informática Industrial. Consultor de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembléia Legislativa de Minas Gerais.

Paulo Pereira Martins Junior, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, MG

Graduação em Geologia pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (1970) e é doutorado em Géologie Dynamique - Universite de Paris VI Pierre et Marie Curie, Laboratoire de Géologie Dynamique em 1977. Professor, pesquisador e orientador na Universidade Federal de Ouro Preto e pesquisador pleno da Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais CETEC.

Renato Moreira Hadad, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG

Doutor em Ciência da Computação. Engenheiro.Professor da Pós-Graduação em Tratamento da Informação Espacial / Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas). Pró-Reitor da PUC-Minas, campus Barreiro.

Sucharit Koontanakulvong, Universidade de Chulalongkorn, Bangkok

Doutor em Engenharia Agrícola, Engenheiro Químico. Professor Associado da Faculdade de Engenharia e diretor da Unidade de Pesquisa em Sistemas Hídricos da Universidade de Chulalongkorn, Bangkok, Tailândia. Diretor da Technology Promotion (Thai-Japan) Association.

Publicado

2013-12-10

Edição

Seção

Artigos