O que o mercado não mata: uma análise da moralidade especista e a economia

Autores

  • Wesley Felipe de Oliveira Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC
  • Alessandro Pinzani Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n1p1

Palavras-chave:

Economia, Especismo, Moralidade, Senciência

Resumo

Neste trabalho analisamos a relação entre a moral e a economia a partir da discussão suscitada por Michael Sandel acerca dos limites morais do mercado. Sandel investiga de que maneira os valores morais estão sendo cada vez mais inseridos dentro da lógica do mercado econômico pautada pelo lucro. Mais precisamente, investigamos de que maneira a moralidade especista, que fundamenta a exclusão dos animais do âmbito da comunidade moral humana, está vinculada à lógica de mercado, inserindo e mantendo os animais não humanos dentro de um sistema que busca lucro monetário por meio da exploração e comercialização deles. Defendemos que, embora a economia tenha uma influência significativa para determinar certas práticas morais, o oposto também acontece, isto é, a moralidade também pode exercer uma influência sobre o mercado e ditar os seus limites sobre aquilo que pode ou não pode ser colocado dentro da lógica do lucro econômico. A superação da moralidade especista a partir de propostas éticas que visam incluir seres sencientes na esfera de ação moral dos seres humanos, levando, portanto, seus interesses em consideração, é capaz, portanto, de levar a uma desvinculação dos animais da lógica de mercado.

Biografia do Autor

Wesley Felipe de Oliveira, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

Doutorando na área de Ética e Filosofia Política pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina.

Alessandro Pinzani, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

Doutor em Filosofia pela Universidade de Tübingen, Alemanha. Pós-doutorado na Columbia University de New York e na Humboldt-Universität zu Berlin. Professor associado de Ética e Filosofia Política da Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Downloads

Publicado

2015-07-08

Edição

Seção

Dossiê: Animais não humanos: um olhar contemporâneo. Orgs: Drs. Javier Vernal, Letícia Albuquerque e Fernanda Medeiros