Tipologias e Arquétipos: a Psicologia Profunda como base para uma hermenêutica

Autores

  • Jactania Marques Muller Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC
  • Patricia de Sá Freire Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n1p382

Palavras-chave:

Psicologia profunda, Pensamento Junguiano

Resumo

FERNANDES, Ermelinda Ganem; FIALHO, Francisco Antônio Pereira. Tipologias e arquétipos: a Psicologia Profunda como base para uma hermenêutica - Coleção Jung sai pra rua. v. 1. Florianópolis: Insular, 2014. 264 p.

Biografia do Autor

Jactania Marques Muller, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina, graduação em Psicologia pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Bolsista da Capes e membro do Núcleo de Complexidade e Cognição - NUCOG/CNPq.

Patricia de Sá Freire, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC

Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora do Departamento de Engenharia do Conhecimento da mesma universidade.

Referências

BRIDGES, W. As empresas também precisam de terapia: como usar os tipos junguianos para o desenvolvimento organizacional. São Paulo: Gente, 1998.

HILLMAN, J. Psicologia Arquetípica. 9. Ed. São Paulo: Cultrix, 1983.

JUNG, C. G. Fundamentos de Psicologia Analítica. 9. Ed. Petrópolis: Vozes, 1990.

MARK, M.; PEARSON, C. S. O herói e o fora-da-lei: como construir marcas extraordinárias usando o poder dos arquétipos. São Paulo: Cultrix, 2003.

Downloads

Publicado

2015-07-13

Edição

Seção

Resenhas