Ciência da Informação e Aptidão Agrícola: abordagens interescalares para planejamento de uso da terra

Vitor Vieira Vasconcelos, Paulo Pereira Martins Junior

Resumo


As inovações técnicas e metodológicas de programação, compartilhamento em rede, análise de sistema de informação e sistemas de informação geográfica (SIG) permitem a representação, armazenamento, tratamento e disseminação de informações que antes não se havia disponíveis para diversos atores interessados. Partindo desse contexto, apresenta-se proposta de modelagem conceitual sobre o uso integrado das metodologias de Aptidão Agrícola para o desenvolvimento de sistemas de auxílio à decisão sobre uso da terra, auferidas por meio de metodologias da Ciência da Informação. São estruturados diagramas de modelagem de conhecimento por meio dos métodos CommonKADS e Unified Modeling Language (UML), para simular o processamento de perguntas básicas de um produtor rural, tais como “O que plantar?”, “Onde plantar?”, “Como plantar?”. Por fim, é apresentada uma matriz interdisciplinar explicitando a relação entre a aptidão Agrícola por cultivar com atributos de solo e relevo, para auxílio à decisão em escala de detalhe. O sistema proposto afigura-se um eficaz instrumento de orientação e educação agropecuária e ambiental, por demonstrar alternativas ecologicamente sustentáveis ao usuário e explicar a justificativa econômica para tais propostas.


Palavras-chave


Agronomia; Sistemas de Informação Geográfica; Ciência da Informação; Sistemas de Auxílio à Decisão; Meio Ambiente

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


AKINCI, H.; ÖZALP, A. Y.; TURGUT, B. Agricultural land use suitability analysis using GIS and AHP technique. Computers and electronics in agriculture, 97, 71-82. 2013.

ASSAD, E. D., MARTINS, S. C., BELTRÃO, N. E.M.; PINTO, H. S. Impactos das mudanças climáticas no zoneamento agrícola de risco climático para o cultivo de algodão no Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 48(1), 1-8. 2013.

BAJA, S., CHAPMAN, D.M., DRAGOVICH, D. A conceptual model for assessing agricultural land suitability at a catchment level using a continuous approach in GIS. Geospatial Information and Agriculture, The Regional Institute Ltd. 2001.

BOLFE, É. L., VICENTE, L. E., SPINELLI-ARAÚJO, L., VICTORIA, D.C, TÔSTO, S. G., TORRESAN, F., QUARTAROLI, C.F.; FURTADO, A.L.S.; MARTINS, M. A. M. Banco de Dados Geoespaciais do Macrozoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Maranhão. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 17., 2015, João Pessoa. Anais... São José dos Campos: INPE, 2015.

DELARMELINDA, E. A., WADT, P. G. S., ANJOS, L. H. C., MASUTTI, C. S. M., SILVA, Ê. F., SILVA, M. B., COELHO, R.M.; SILVA, L.M.; SHIMIZU, S.H.; COUTO, W. H. Aplicação de sistemas de avaliação da aptidão agrícola das terras em solos do Estado do Acre, Amazônia. Biota Amazônia, 4(2): 87-95. 2014.

FAISAL, C.M.N.; AWAN, M.S.A.; ARSHAD, M.S. Knowledge Management: A Particle Approach to Design Knowledge based Portal Using CommonKADS. Lap Lambert, 2011. 60p.

GINSBERG, Matt - Essentials of Artificial Inteligence -Morgan Kaufmann Publihsers – USA, 1993.

HARTATI, S.; SITANGGANG, I. S. A fuzzy based decision support system for evaluating land suitability and selecting crops. Journal of Computer Sciences. 6(4):417-424, 2010

KARMAKAR, S.; LAGUË, C.; AGNEW, J.; LANDRY, H. Integrated decision support system (DSS) for manure management: A review and perspective. Computers and Electronics in Agriculture, 57(2), 190-201. 2007.

LAINETTI, R., BRITO, NRS. As Culturas de A até Z. Guia Rural Abril, Ed. Abril, São Paulo, 1986.

LEPSCH, I. F.; BELLINAZZI JR., R.; BERTOLINI, D.; ESPÍNDOLA, Carlos Roberto. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. 4a aproximação. Campinas: SBCS, 1991. 175p.

LUPPI, A.S.L.; SANTOS, A.R.; EUGÊNIO, F.C.; BRAGANÇA, R.; PELUZIO, J.B.E.; DALFI, R.L. SILVA, R.G. Metodologia para classificação de zoneamento agroclimatológico. Revista Brasileira de Climatologia. 10 (15): 80-97. Jul/Dez 2014

MANZATTO, C. V.; ASSAD, E. D.; BACCA, J. F. M.; ZARONI, M. J.; PEREIRA, S. E. M. Zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar. Rio de Janeiro: Embrapa Solos. 2009

MARQUES, F.S.M.; MARTINS JUNIOR, P.P.; VASCONCELOS, V.V.; NOVAES, L.A.d`A. Proposição Metodológica para a Cartografia de Solos e Aptidão Agrícola: Estudo de Caso para a Bacia do Rio Paracatu. Revista Brasileira de Geografia Física, Vol. 5, No 1 (2012) 01-17.

MARTINS JUNIOR, P.P.; ROSA, S.A.G., CANTISANO, M.A.M., GOMES, L.A. M.. Zoneamentos Econômicos de Bacias Hidrográficas - Importância Ecológica. Revista ECEN - Economia & Energia, Ano XII. No 71, Dezembro, 2008 - Janeiro, 2009.

MARTINS JUNIOR, P.P. et al. Projeto ACEE – Arquitetura de Conhecimentos em Ecologia-Economia. MCT/CNPq 2005-2007. Relatório Final em 2007.

MARTINS JUNIOR, P.P. et al.. Projeto CRHA - Conservação de Recursos Hídricos no âmbito de Gestão Agrícola de Bacias Hidrográficas. MCT/FINEP/CT-HIDRO 2002-2006. Relatório Final em 2006.

MARTINS JUNIOR, P.P. et al. Projeto SACD - Sistemas de Arquitetura de Conhecimentos e de Auxílio à Decisão na Gestão Geo-Ambiental e Econômica de Bacias Hidrográficas e Propriedades Rurais. Fapemig (2010-2011). Relatório Final em 2012.

MEYER, A., ESTRELLA, R., JACXSENS, P., DECKERS, J., VAN ROMPAEY, A.,; VAN ORSHOVEN, J. A conceptual framework and its software implementation to generate spatial decision support systems for land use planning. Land Use Policy, 35, 271-282. 2013.

MOURA, L. C. (2007). A ocupação espaçotemporal dos cafezais no município de Machado, no Sul de Minas: a relação entre aptidão agrícola da terra e seu uso na atividade cafeeira. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Lavras. Lavras-MG. 117p.

OZAKI, V. A. O papel do seguro na gestão do risco agrícola e os empecilhos para o seu desenvolvimento. Revista Brasileira de Risco e Seguro, 2(4), 75-92. 2007.

PEREIRA, L. C. Aptidão Agrícola das terras e sensibilidade ambiental: proposta metodológica. Tese de Doutorado. Faculdade de Engenharia Agrícola. Universidade Estadual de Campinas (SP). 2002. 135p.

PEREIRA, L.C.; SILVEIRA, M.A.; LOBARDI NETO, F. Agroecologia e Aptidão de Terras: as bases científicas para uma agricultura sustentável. Embrapa Meio Ambiente: Jaguariuna, 2006, 5p.

PEREIRA, L.C.; LOMBARDI NETO, F. Avaliação da aptidão agrícola das terras: proposta metodológica. Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, Documentos, nº 43. 2004. ISSN 1516-4691

PORTO, Rodrigo Amorim. Gestão do conhecimento: os desafios de explicitar conhecimentos técnicos. 2011. 55 f., il. Monografia (Bacharelado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

QUEIROZ, R., SOUZA, A.G., SANTANA, D.P., ANTUNES, F.Z, FONTES, M. (coord.) – Zoneamento Agroclimatológico de Minas Gerais – Governo de Minas Gerais, Secretaria de Agricultura, Belo Horizonte, 1980.

RAMALHO FILHO, A.; BEEK, K. J. Sistema de avaliação da aptidão agrícola das terras. 3.ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-CNPS, 1995. 65p.

SCHNEIDER, L. M., ROLIM, G. D. S., SOBIERAJSKI, G. D. R., PRELA-PANTANO, A.; PERDONÁ, M. J. Zoneamento agroclimático de nogueira-macadâmia para o Brasil. Revista Brasileira de Fruticultura, 34, 515-524. 2012.

SEIDL, M., SCHOLZ, M., HUEMER, C.; KAPPEL, G.. UML@ Classroom: An Introduction to Object-Oriented Modeling. Springer. 2015. 206 pages

VASCONCELOS, V.V, MARTINS JUNIOR, P.P., NOVAES, L. A. d’A. Sistema Inteligente de Apoio à Decisão em Gestão de Recursos Hídricos e Projetos Agrícolas - XVI SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS, Anais... 2005. 20 p.

WOLLMANN, C. A.; GALVANI, E.. Zoneamento agroclimático: linhas de pesquisa e caracterização teórica-conceitual. Revista Sociedade & Natureza, Uberlândia, 25(1). 2013.

WOLLMANN, C. A.; GALVANI, E. Zoneamento Agroclimático. Buqui Livros Digitais. 2014. 149p.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p221

Direitos autorais 2015 Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.