Identidades sob risco ou risco como identidade? A saúde dos jovens e a vida contemporânea

Luis David Castiel

Resumo


Trata-se de um ensaio que discute a questão da identidade dos jovens brasileiros em relação aos riscos na nossa cultura contemporânea. São abordadas brevemente dimensões conceituais que envolvem as categorias ‘saúde’, ‘contemporaneidade’, ‘identidade’, ‘juventude’. Alguns aspectos estatísticos de morbidade e mortalidade são apresentados para gerar um enquadramento sintético da respectiva situação epidemiológica em nosso contexto. É proposta uma análise sob o ponto de vista sociológico a respeito da construção de identidades fluidas em uma sociedade marcada por precariedades e excessos de várias ordens. Por fim, se sugere como o vínculo entre risco e ambivalência em formas diferentes oferecidas pela cultura configura as respectivas atitudes de exposição (aventura) e de evitação (prevenção).

Palavras-chave: risco, identidade, juventude, ciências sociais em saúde.

Palavras-chave


Risco; Identidade; Juventude; Ciências sociais em saúde; Risk; Identity; Youth; Social sciences in health; Riesgo; Identidad; Juventud; Ciências sociales en salud

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.