Guerra e paz no século XXI

Hector Ricardo Leis, Marcial Alécio Garcia Suarez

Resumo


Atualmente, predomina em Ocidente um senso comum distante da compreensão do fenômeno da guerra que se explica pelo deslizamento da perspectiva de análise do Estado para o da sociedade civil, assim como da perda sentido histórico e civilizatório da ação humana. O texto argumenta que por trás das críticas ao unilateralismo dos EUA se encontra um grave problema de percepção da realidade que dificulta o correto desenvolvimento do debate na área das relações internacionais. Conclui-se o texto conjeturando que a atual ordem internacional está em transição, tendo sido detonada pela emergência do terrorismo global, que acabou levando aos EUA e outros países a assumir um decisionismo bélico contra qualquer tipo de ameaça à segurança global.

Palavras-chave


Guerra; terrorismo; Política Internacional; Modernidade; War; Terrorism; International Politics; Modernity; Guerra; Terrorismo; Política Internacional; Modernidade

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.