O impossível testemunho: Celan em Derrida

Ricardo Forster

Resumo


Tendo como pano de fundo os acontecimentos associados ao genocídio do povo judeu na Segunda Guerra Mundial, se tentarão analisar as condições de possibilidade da memória histórica, em geral, e do testemunho de fatos como o holocausto, em particular. Seguindo uma linha de argumento baseada no filósofo francês Jacques Derrida, se irá a procurar na obra poética de Paul Celan os elementos necessários para superar os obstáculos que levantam para nossa compreensão a existência de fatos inomináveis.

Palavras-chave


Holocausto; Celan; Derrida; Testimonio; Holocausto; Celan; Derrida; Testemunho; Holocaust; Celan; Derrida; Testimony

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.