Sociedade civil organizada, políticas públicas e políticas de saúde no Brasil

Autores

  • Vera Viviane Schmidt

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Estado e sociedade, SUS, Políticas públicas, Políticas de saúde, State and society, Public politics, Politics of health, Estado y sociedad, Políticas publicas, Políticas de salud

Resumo

A estrutura da Saúde Pública brasileira tem sido construída na inter-relação Estado e Sociedade, passando por inúmeras transformações para atingir a configuração que hoje se nos apresenta. Representantes do governo, instituições de saúde e sociedade civil organizada têm feito representar seus interesses perante o Estado que aparece como mediador, executor e/ou financiador das políticas públicas sociais. Os resultados alcançados representam a consolidação de interesses, através do peso das idéias e dos atores envolvidos. Com a abertura democrática e as reformas político–administrativas que se seguem a promulgação da atual Constituição Federal, as políticas de saúde têm alcançado um caráter mais democrático e universalizante que o precedente.

Biografia do Autor

Vera Viviane Schmidt

Mestranda do Programa de Pós graduação em Ciência Política da Universidade de São Paulo, desenvolvendo pesquisa na área de Políticas de Saúde. Graduada em Ciências Sociais e Especialista em Sociologia Política pela Universidade Federal do Paraná.

Downloads

Publicado

2006-04-25

Edição

Seção

Artigos