O movimento nacional dos catadores de materiais recicláveis: atores, governação, regulação e questões emergentes no cenário brasileiro

Rosemeire Barboza da Silva

Resumo


Num contexto onde a governação exige cada vez mais a participação dos sujeitos no espaço público, o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis no Brasil parece vir contribuindo de maneira crescente para a criação de um ambiente institucional onde a luta contra a pobreza e a exclusão social se torne referência. Esse coletivo de trabalhadores, até então discriminado, busca transformar a matriz das relações sociais, tanto por meio da re-significação de uma identidade que vem ao longo do tempo sendo negativamente associada à proximidade aos resíduos sólidos como demonstrando a centralidade do trabalho para os projetos que lutam contra a exclusão e pela cidadania. Desse modo é objetivo desse artigo compreender e problematizar como esse emergente
coletivo configura-se na articulação e representação da discussão de temas como a regulação da profissão de “catador de materiais recicláveis”, a regulação ambiental e a conseqüente re-significação de sua função social na arena pública. Para isso utilizaremos como referência uma explanação sobre o coletivo de catadores e sua posterior representação como movimento social, bem como suas recentes conquistas. Em nossas considerações, finalmente, buscaremos discutir as questões da regulação ambiental e profissional numa perspectiva da governação, não apenas enquanto processo interacional, mas eminentemente relacional, já que dada as formas diversificadas de atuação na arena pública e das assimetrias presentes em tais atuações, a governação se configura muito mais por vinculações e ligações do que por uma posição intermediária e recíproca como pressupõe as idéias interacionistas.

Palavras-chave


Catador de materiais recicláveis; Governação; Regulação e meio ambiente; Recyclable supplies collector; Governing; Regulation and environment; Colector de materiales reciclables; Governación; Regulación y médio ambiente

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.