Atividades complementares curriculares em contraturno escolar no estado do Paraná: um estudo do macrocampo esporte e lazer

Autores

  • Andréia Paula Basei Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí, Colegiado de Educação Física
  • Eduard Angelo Bendrath Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí, Colegiado de Educação Física
  • Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2017v29n51p136

Palavras-chave:

Políticas educacionais, Educação integral, Atividades complementares curriculares em contraturno, Esporte e lazer

Resumo

O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento sistemático das atividades complementares curriculares em contraturno escolar no macrocampo esporte e lazer desenvolvidas nas escolas públicas estaduais do Paraná. As informações cadastrais das escolas (N=372) dos dezenove municípios caracterizados como de grande porte disponíveis na plataforma DataEscolaBrasil (MEC), foram analisadas com base na estatística descritiva utilizando-se o software SPSS versão 20.0. Os resultados apontam que cinco projetos de atividades complementares concentram 40,5% das ações nos 9 macrocampos previstos. Dentre os projetos executados aproximadamente 1/3 estão vinculados ao macrocampo esporte e lazer (35,4%). Neste macrocampo 64,9% dos projetos estão concentrados em 5 modalidades, apontando uma tendência a padronização das ações e a prevalência do esporte em detrimento das demais atividades de lazer. Conclui-se que as atividades complementares curriculares em contraturno reforçam ações em prol da educação integral e o macrocampo analisado apresenta grande potencial na ampliação das oportunidades de aprendizagem dos alunos.

Biografia do Autor

Andréia Paula Basei, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí, Colegiado de Educação Física

Licenciada em Educação Física pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC), Campus de São Miguel do Oeste; Especialista em Educação Física escolar pelo Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Santa Maria; Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria. 

Docente do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá, Campus Regional do Vale do Ivaí

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9433790328397810

Eduard Angelo Bendrath, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí, Colegiado de Educação Física

Doutor em Educação pela UNESP. Mestre em Educação e Graduado em Educação Física também pela UNESP. Professor Adjunto A da Universidade Estadual de Maringá. Desenvolve pesquisas na área de política educacional e na relação entre educação física e educação não formal.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/7143617086523472

Pedro Henrique Iglesiaz Menegaldo, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí

Graduado em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá, Campus Regional do Vale do Ivaí.

 

Lattes: http://lattes.cnpq.br/8225882609311007

Downloads

Publicado

2017-07-20

Edição

Seção

Artigos Originais