Ouvindo os formadores nas Licenciaturas em Física a Distância sobre as políticas públicas educacionais

Renato Santos Araujo, Deise Miranda Vianna

Resumo


Esse trabalho apresenta parte dos resultados de uma pesquisa a respeito da formação de professores de física em cursos de Licenciatura em Física mediados por ambientes virtuais de ensino-aprendizagem na modalidade a distância. Os sujeitos da pesquisa foram professores que atuavam em 2009 e 2010 na organização ou criação de três cursos a distância de Licenciatura em Física do Sistema Universidade Aberta do Brasil das Regiões Sul, Sudeste e Nordeste e na extinta Secretaria de Educação a Distância do Ministério de Educação. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas, transcritas e submetidas à análise temática. Apresentamos as posições dos entrevistados relacionadas à categoria Políticas Públicas Educacionais, com 16 temas divididos nas cinco seções a saber: o papel da EaD; aspectos legais; aspectos metodológicos; polos de apoio presencial; e investimentos. Dentre as conclusões obtidas, é possível apontar que apesar dos documentos oficiais concederem liberdade para a elaboração dos projetos dos cursos a distância, isso não contribuiu para a sua elaboração, pois os cursos a distância estão adaptando, de forma inapropriada e anacrônica, características dos cursos presenciais. Além disso, os entrevistados apontaram que são obrigados a acatarem as decisões do governo federal para receberem o financiamento do Sistema UAB, reduzindo a autonomia universitária. Outro aspecto observado foi o aumento da fragmentação da formação de professores de física. Conclui-se o trabalho alertando que mesmo com os intensos investimentos na EaD e na ampliação do acesso aos cursos de nível superior, outras ações fazem-se necessárias para se acabar com a carência de professores de física na educação básica.


Palavras-chave


Educação a distância; Educação inicial de professores; Políticas públicas de educação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2012v29nesp1p448

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >