Diálogos entre Ciência e Arte: Uma leitura a partir da obra de Remedios Varo para um Ensino sobre as Ciências

Taina de Araujo Carvalho, José Claudio Reis

Resumo


As pesquisas da educação científica indicam a necessidade de um ensino sobre as ciências que possa discutir os processos da mesma a fim de se distanciar de visões ingênuas e deturpadas. Dentro desta perspectiva, defendemos o diálogo entre ciência e arte como forma de entender o conhecimento científico como cultura de determinado local e época. Seguindo essa abordagem, faremos uma leitura, a partir de fontes primárias e secundárias, de alguns quadros da obra da artista surrealista espanhola Remedios Varo que ajudam a refletir sobre questões que permeiam a ciência. Para a leitura, traremos o contexto da artista junto a temas que a ciência esteve envolvida no século XX. Por fim, suscitaremos algumas questões combinadas a sugestões dessa leitura para o ensino, com o intuito de promover discussões que possam problematizar a ciência a fim de nos afastarmos de discursos cientificistas e autoritários.


Palavras-chave


Ciência e Arte; Ensino de Ciências; Remedios Varo

Texto completo:

PDF/A

Referências


ANDRADE, R. R. D; NASCIMENTO, R. S; GERMANO, M. G. Influência da Física Moderna na obra de Salvador Dalí. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 24, n. 3, p. 400-423, 2007.

BAKER, E.; ORESKES, N. It’s No Game: Post-Truth and the Obligations of Science Studies. Social Epistemology Review and Reply Collective, v. 6, n. 8, p. 1-10, 2017.

BRETON, A. Manifesto do Surrealismo. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2019.

CALVO, A. L. Remedios Varo: El espacio y el exilio. Alicante: Coleção LILITH, 2009.

CLOUGH, M. P. Teaching the nature of science to secondary and post-secondary students: questions rather than tenets. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2019.

CHANSIGAUD, V. Scientific Illustrators. In: LIGHTMAN, B. (Ed.). A Companion to the History of Science. Nova Jersey: Wiley Brackwell 2016. p. 111-125.

CRUZ, F. F. S. Mecânica Quântica e a cultura em dois mundos. In: FREIRE JR, O; PESSOA JR, O; BROMBERG, J. L. (org.). Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais. São Paulo: Livraria da Física, 2011, p. 303-320.

FERNANDES, R. F. A. N.; PIRES, F. F.; FORATO, T. C.; SILVA, J. A. Pinturas de Salvador Dalí para introduzir conceitos de Mecânica Quântica no Ensino Médio. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 34, n. 2, p. 509-529, 2017.

FORATO, T. C. M.; PIETROCOLA, M.; MARTINS, R. A. Historiografia e natureza da ciência na sala de aula. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 28, n. 1, p. 27-59, 2011.

FRIEDMAN, A. J. Explaining the Universe: Why Arts Education and Science Education Need Each Other. American Art, v. 11, n. 3, p. 2-7, 1997.

GALISON, P. Os relógios de Einstein: o lugar do tempo. Ciência e Ambiente, p. 8-34, 2005.

GALILI, I. On the Power of Fine Arts Pictorial Imagery in Science Education. Science & Education, n. 22, p. 1911-1938, 2013.

GIL-PÉREZ, D.; MONTORO, I. F.; ALÍS, J. C.; CACHAPUZ, A.; PRAIA, J. Para uma imagem não deformada do trabalho científico. Ciência & Educação, v. 7, n. 2, p. 125-153, 2001.

GEERTZ, C. As interpretações das culturas. Rio de Janeiro: Guanabara, 1989.

GUERRA, A; BRAGA, M; REIS, J. C. Tempo, espaço e simultaneidade: Uma questão para os cientistas, artistas, engenheiros e matemáticos no século XIX. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 27, n. 3, p. 568-583, Florianópolis, 2010.

HENDERSON, L. D. Einstein and 20TH- Century Art: A romance of many Dimensions. In: GALISON, P. L; HOLTON, G; SCHWEBER, S. S. (Ed.). Einstein for the twenty-first century: His legacy in science, art, and modern culture. London: Princeton University Press, 2008. p. 101-129.

HOBSBAWN, E. J. A era dos extremos: o breve século XX. São Paulo: Companhia das Letras, 1994. 478 p.

HODSON, D. Science education as a call to action. Canadian Journal of Science, Mathematics and Technology Education, v. 10, n. 3, p. 197-206, 2010.

IRZIK, G.; NOLA, R. A family resemblance approach to the nature of science for science education. Science &Education, v. 20, n. 7-8, p. 591-607, 2011.

JONES, C. A. Rendering Time. In: GALISON, P. L; HOLTON, G; SCHWEBER, S. S. (Ed.). Einstein for the twenty-first century: his legacy in science, art, and modern culture. London: Princeton University Press, 2008. p. 130-149.

JOSEPHSON, P. Big Science e Tecnologia no século XX. Fronteiras: Revista Catarinense de História, n. 27, p. 149-168, 2018.

KAPLAN, J. A. Viajes Inesperados: El arte y la vida de Remedios Varo. Madrid: Fundación Banco Exterior, 1988.

KAPLAN, J. A. Remedios Varo: Voyages and Visions. Woman’s Art Journal, v. 1, n. 2, p. 13-18, 1980.

KAPLAN, L.A. Traces of Influence: Giorgio de Chirico, Remedios Varo, and “lo Real Maravilloso”. The Latin Americanist, v. 54, n. 3, p. 25-51, 2010.

LIVINGSTONE, D. Putting Science in its place – Geographies of Scientific Knowledge. Chicago: The University of Chicago Press, 2003.

MARTINS, A. F. P. Natureza da Ciência no ensino de ciências: uma proposta baseada em “temas” e “questões”. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 32, n. 3, p. 703-737, 2015.

McCOMAS, W. F.; ALMAZROA, H.; CLOUGH, M. The Nature of Science in Science Education: an introduction. Science &Education, v. 7, n. 6, p. 11-532, 1998.

MOURA, B.A. O que é natureza da Ciência e qual sua relação com a História e Filosofia da Ciência? Revista Brasileira de História da Ciência, v. 7, n. 1, p. 32-46, 2014.

MOURA, C. B; GUERRA, A. História cultural da ciência: um caminho possível para a discussão sobre as práticas científicas no ensino de ciências? Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 16, n. 3, p. 725-748, 2016.

NUMMEDAL, T. The Alchemist In: LIGHTMAN, B. (Ed.). A Companion to the History of Science. Nova Jersey: Wiley Brackwell, 2016. p. 58-70.

ORTIZ, M. M. Alquímicamente surrealista: la pintura de Remedios Varo. La manzana de la discordia, v. 6, n. 2, p. 85-94, 2011.

OSBORNE, J; COLLINS, S.; RATCLIFFE, M.; MILLAR, R.; DUSCHL, R. What “ideas‐about‐science” should be taught in school science? A Delphi study of the expert community. Journal of research in science teaching, v. 40, n. 7, p. 692-720, 2003.

OSTROWER, F. Criatividade e Processos de Criação. 12. ed. Petrópolis: VOZES,1997. 187 p.

OSTROWER, F. A sensibilidade do intelecto: Visões paralelas de espaço e tempo na arte e na ciência. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus,1998. 305 p.

PRAIA, J.; GIL-PÉREZ, D.; VILCHES, A. O papel da Natureza da Ciência na educação para cidadania. Ciência & Educação, v. 13, n. 2, p. 141-156, 2007.

PIMENTEL, J. La Revolucíon Científica. In: ARTOLA, M.(dir.). História de Europa: Tomo II. Madrid: Espasa Calpe, 2007. p. 163-238.

REIS, J. C.; GUERRA, A.; BRAGA, M. Ciência e arte: relações improváveis. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 13, p. 71-87, 2006.

REIS, U.V. Os conceitos de espaço e tempo no ensino médio de física: uma possibilidade de atuação em sala de aula. 2015. 195 f. Dissertação (Mestrado em Ciência, Tecnologia e Educação) - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro.

RIES, O. El exilio y la política nacionalista mexicana Remedios Varo, Leonora Carrington y el nacionalismo mexicano. Revista Izquierdas, n. 8, p. 1-20, 2010.

RUDOLPH, J. L.; HORIBE, S. What do we mean by science education for civic engagement? Journal of Research on Science Teaching, v. 53, n. 6, p. 805-820, 2016.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

SOUSA, F.S. Um cigarro para um amigo: a Guerra Civil Espanhola na Imprensa Comunista Mexicana. Outros Tempos, v. 13, n. 21, p. 222-245. 2016.

VASCONCELLOS, C.M. As Representações das Lutas de Independência no México na ótima do Muralismo: Diego Rivera e Juan O’ Gorman. Revista de História, v. 152, n. 1, p. 283-304, 2005.

VARO, R. Letters, dreams & other writings. Translated by: Margaret Carson. 1. ed. New York: Wakefield Press, 2018.

VIDEIRA, A. A. P. Historiografia e história da ciência. Escritos (Fundação Casa de Rui Barbosa), Rio de Janeiro, v. 1, p. 111-158, 2007.

ZANETIC, J. Física também é cultura. 1989. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo.

ZANETIC, J. Física e Arte: uma ponte entre duas culturas. Pro-Posições, v. 17, n. 1, 2006.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n1p173

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >