Gênero e trabalho: análise interdisciplinar do mercado de trabalho formal em caxias do sul na década de 2000

Autores

  • Natalia Pietra Méndez Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luciane Sgarbi S. Grazziotin Universidade de Caxias do Sul
  • Adalberto Ayjara Dornelles Filho Universidade de Caxias do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2010v7n2p81

Resumo

O artigo propõe um exame das relações de gênero no mercado de trabalho formal na década de 2000 no município de Caxias do Sul. O objetivo é discutir os efeitos das mudanças técnicas e produtivas no mundo do trabalho e possíveis repercussões no perfil dos empregos e dos trabalhadores. A pesquisa utiliza como fonte principal os dados disponíveis na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), administrado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, Governo Federal. O trabalho situa-se dentro de um campo interdisciplinar da área de ciências humanas, embora os levantamentos de dados e indicadores exijam um exercício de aproximação com a estatística e as ciências sociais aplicadas para seu tratamento. A metodologia utiliza o dado como indício para pensar múltiplas relações sociais entre trabalhadores: acompanhamento das mudanças salariais, os setores de atividade, os tipos de ocupação; igualmente, é possível estabelecer um cruzamento com variáveis que problematizem o perfil dos trabalhadores e trabalhadoras quanto às relações de gênero e o grau de instrução. Foram observadas mudanças nos perfis dos trabalhadores e trabalhadoras. A ascensão da escolaridade, principalmente para o sexo masculino é um fator de destaque no período analisado. Houve um crescimento da participação feminina em setores de ocupação tradicionalmente masculinos e a solidificação da liderança feminina em algumas ocupações. Embora existam trânsitos e deslocamentos, as relações de gênero permanecem como um elemento de segregação no mundo do trabalho.

Biografia do Autor

Natalia Pietra Méndez, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul é Professora Adjunta I da Universidade de Caxias do Sul com atuação na área de História Moderna e Contemporânea. Pesquisa temas relacionados a estudos de gênero.

Luciane Sgarbi S. Grazziotin, Universidade de Caxias do Sul

Doutora em Educação/PUCRS, Professora do Centro de Filosofia e Educação e pesquisadora do Observatório do Trabalho da Universidade de Caxias do Sul

Adalberto Ayjara Dornelles Filho, Universidade de Caxias do Sul

Mestre em Matemática Aplicada/UFRGS, Professor do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia e pesquisador do Observatório do Trabalho da Universidade de Caxias do Sul.

Downloads

Publicado

2010-12-13

Edição

Seção

Dossiê: Novas Perspectivas e Tendências Interdisciplinares nas Ciências Humanas Orgs: Drs Héctor Leis e Selvino Assmann