Ética, Meio Ambiente e Mineração

Autores

  • Ozanan Vicente Carrara Universidade Federal Fluminense, Volta Redonda, RJ

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2016v13n3p121

Palavras-chave:

Ética Ambiental, Jonas, Ost, Mineração, Diversidade Produtiva

Resumo

O artigo aborda as questões éticas trazidas pela mineração à luz das teorias éticas de Hans Jonas e François Ost, dois nomes fundamentais da ética ambiental. O autor pretende mostrar como os pressupostos éticos colocados pelos dois autores estão ausentes nas políticas de mineração implementadas pelo Estado, clamando pelo uso dos mecanismos da democracia participativa no processo de decisão, antes da implantação dos projetos de mineração, por maior responsabilidade no uso de nossos recursos minerais, pelo respeito à diversificação econômico-produtiva além de pedir a garantia de participação da população afetada nos lucros e benesses daqueles projetos já implementados. Aplica as teorias da responsabilidade dos dois filósofos à questão, mostrando como elas podem iluminar as atuais políticas públicas de mineração, atualmente ditadas quase exclusivamente pelos interesses das empresas mineradoras, sem que os direitos dos cidadãos sejam considerados ou sejam capazes de se fazer representar através das atuais instituições da democracia representativa. Critica ainda a prioridade dada às atividades minerárias em detrimento de outras atividades produtivas mais benéficas para a população e mais respeitadoras do meio ambiente.

Biografia do Autor

Ozanan Vicente Carrara, Universidade Federal Fluminense, Volta Redonda, RJ

Doutor em Ética e Filosofia Política pela UERJ, com período de pesquisa na Université de Strasbourg, França, como bolsista do CNPq  Professor de Ética e Introdução à Filosofia nos cursos de Direito e Psicologia e Mestrado em Tecnologia Ambiental.

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília: Congresso Nacional, 1988.

BRASIL. Projeto de lei nº 5.807, de 2013. Brasília: Congresso Nacional. 2013a

COLIN, Pierre et al. De la Nature. De la Physique Classique au Souci Écologique. Paris : Beauchesne/ICP, 1992.

IHU online, Revista do Instituto Humanitas Unisinos. A Mineração brasileira em debate. São Leopoldo, Nº 451, Ano XIV, 25.08.2014.

JONAS, Hans. Le Principe Responsabilité. Une Éthique pour la civilization technologique. Paris : Les Éditions du Cerf, 1995.

MALERBA, Julianna (Org.). Diferentes formas de dizer não. Experiências internacionais de resistência, restrição e proibição ao extrativismo mineral. Rio de Janeiro, FASE, 2014.

OST, François. La Nature hors la loi. L’écologie à l’épreuve du droit. Paris: Éditions La Découverte, 1995.

POMMIER, Eric. Hans Jonas et le Principe Responsabilité. Paris : PUF, 2012.

TEXTO BASE do Comitê em Defesa dos Territórios frente à mineração, julho de 2013.

MANIFESTO AOS MINEIROS E AO POVO BRASILEIRO. Belo Horizonte/Mariana. Novembro de 2015.

Downloads

Publicado

2016-09-01

Edição

Seção

Artigos - Sociedade e Meio Ambiente