Humor ou sexismo? Uma análise crítica das narrativas publicitárias nos filmes do Porta dos Fundos

Renata Barreto Malta, Álvaro de Lima Silva, Luan Filipe Ferreira Costa, Yuri Nascimento Costa

Resumo


O presente artigo pretende analisar a construção narrativa de três filmes publicitários encomendados por anunciantes de marcas massivas, produzidos pelo canal Porta dos Fundos, com a finalidade de ser veiculado no YouTube. Apresentamos como objetivo observar a produção publicitária como entretenimento e o humor como elemento de persuasão, problematizando a utilização de argumentos sexistas no interior de suas narrativas, os quais produzem significado e reforçam valores hegemônicos machistas. Para as análises, partimos das proposições teórico-metodológicas de Bordwell e Thompson (2014). A partir das conclusões, as quais apontam para o sexismo camuflado pelo humor como conteúdo apresentado pelas narrativas do corpus da pesquisa, emerge o questionamento acerca da função social da publicidade e as consequências negativas às marcas envolvidas, oriundas de narrativas que pregam a desigualdade de gênero.

 


Palavras-chave


Entretenimento; Publicidade; Humor; Sexismo; Porta dos Fundos

Texto completo:

PDF/A

Referências


BORDWELL, D.; THOMPSON, K. A arte do cinema: uma introdução. Campinas: Editora UNICAMP, 2014.

BOURDIEU, Pierre. A Dominação Masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

DONATON, Scott. Madison & Vine: Why the entertainment and advertising industries must converge to survive. New York: McGraw-Hill, 2004.

FERREIRA, Flávia. A história e evolução do merchandising na televisão brasileira. Belo Horizonte, 2006. Acesso em 05 de novembro de 2015

Disponível em: http://www.artigocientifico.com.br/uploads/artc_1166812850_91.doc

FIGUEIREDO, Celso. Porque Rimos: Um Estudo Sobre o Funcionamento do Humor na Sociedade. Comunicação e Sociedade, Vol. 33, N. 57, 2012. p. 171-198.

LIPOVETSKY, G. A era do vazio: Ensaios sobre o Individualismo Contemporâneo. Lisboa: Antropos, 1989.

LOPES, C. B. Trabalho Feminino em Contexto Angolano: um possível caminho na construção de autonomia. 2010. 167f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

RODRIGUES, André. A graça de um herege. Rolling Stone, São Paulo, 2011. Disponível em: . Acesso em 03 novembro de 2015.

WILLIAMS, Raymond. Problems in Materialism and Culture: Selected Essays. London: Verso Editionsand NLB, 1980.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e Diferença: Uma Introdução Teórica e Conceitual. In: SILVA, TOMAZ (Org.). Identidade e Diferença: A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis, Editora Vozes, 2007. p.07-72.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2017v14n1p98

Direitos autorais 2017 Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.