A proteção aos animais e a ampliação do enfoque das políticas públicas: o caso dos hospitais públicos veterinários

Gabriela Cristina Braga Navarro

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n1p84

O conceito de interesse público tem sofrido profundas modificações ao longo do tempo, acompanhando transformações ocorridas nas atribuições estatais constitucionais. Propõe-se no presente artigo uma ampliação do conceito de interesse público de forma a abarcar o interesse dos animais não humanos. Justifica-se tal ampliação com base em três perspectivas: jurídico-constitucional, ética e antropocêntrica. Em seguida, analisa-se o caso paradigmático da criação e manutenção de hospitais públicos veterinários pelo poder público no município de São Paulo. Por fim, muito embora seja reconhecida a grandiosidade em tal iniciativa, apontam-se alguns problemas que devem ser cuidadosamente analisados. Conclui-se que as políticas públicas devem estar abertas à uma ética ecocêntrica, protegendo-se os animais por seu valor inerente.


Palavras-chave


Interesse público; Direitos animais; Ecocentrismo; Hospitais públicos veterinários

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n1p84

Direitos autorais 2015 Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.