Identidade, pertencimento e engajamento político nas mídias sociais

Pedro Simonard, Anny Rochelly Vieira Santos

Resumo


Adotando uma perspectiva interdisciplinar, este artigo analisa as mudanças introduzidas pelas mídias sociais na sociedade partindo de conceitos como identidade, território e políticas públicas e sua transposição para o mundo virtual, aqui considerado objeto multidisciplinar. As mídias sociais como território de pertencimento, onde é possível a governos estabelecerem mecanismos de controle de políticas públicas mais democráticas e participativas devido à interação virtual, são premissas defendidas neste artigo, que ao final mostra como governo e comunidade hoje têm a possibilidade de dialogar e construir ações, projetos e programas a partir do engajamento e do ativismo político praticado nas redes sociais. Como metodologia, foi realizada uma revisão bibliográfica que permitiu a discussão de conceitos oriundos de distintas áreas de conhecimento, estabelecendo uma relação entre identidade, território e mídias sociais.


Palavras-chave


Identidade; Território; Mídias Sociais; Políticas Públicas

Texto completo:

PDFA

Referências


ANGELIS, C.T.

BARBOSA, J.B.G; SILVA, F.D.L.L.

BARTH, F.

BAUMAN, Z.

CARDOSO DE OLIVEIRA, R.

CASTELLS, M.

HAESBAERT, R.

HALL, S.

HARVEY, D.

KABENGELE, D.C.

MARZULO, E.P.

MOREIRA, R.

PIOVESAN, F.

PRIMO, A.

SANTOS, M.

SCHERER-WARREN, I.

SILVA, T.T.

SOUZA, C.

WOODWARD, K.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2017v14n3p14

Direitos autorais 2017 Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.